Eventos - Cresce número de visitantes das Américas na Jordânia - Notícia - Turismo
Home

www.panrotas.com.br

Cresce número de visitantes das Américas na Jordânia

- Eventos
Claudio Schapochnik Claudio Schapochnik
O diretor do Jordan Tourism Board, Nayef Al Fayez, e a ministra de Turismo e Antiguidades da Jordânia, Maha Khatib, na coletiva de imprensa da feira, no Centro de Convenções King Hussein Bin Talal
Eventos , O diretor do Jordan Tourism Board, Nayef Al Fayez, e a ministra de Turismo e Antiguidades da Jordânia, Maha Khatib, na coletiva de imprensa da feira, no Centro de Convenções King Hussein Bin Talal<br/>
O diretor do Jordan Tourism Board, Nayef Al Fayez, e a ministra de Turismo e Antiguidades da Jordânia, Maha Khatib, na coletiva de imprensa da feira, no Centro de Convenções King Hussein Bin Talal
MAR MORTO (JORDÂNIA) – O número de visitantes das Américas na Jordânia cresceu 4% em 2007, quando comparado a 2006 – foram 177.783 turistas contra 170.974. No geral, o país do Oriente Médio praticamente manteve o mesmo número de visitantes no ano passado, em relação a 2006: houve uma pequena queda de 2,7%, passando de 6,7 milhões para 6,5 milhões. Esses números foram divulgados na coletiva de imprensa do Jordan Travel Mart pela da ministra de Turismo e Antiguidades da Jordânia, Maha Khatib, e pelo diretor do Jordan Tourism Board, Nayef Al Fayez, no Centro de Convenções King Hussein Bin Talal.

A ministra Maha disse que o governo elaborou um programa de desenvolvimento do turismo de 2007 a 2010, e que a Jordan Travel Mart se insere nesse processo. "Participamos de muitas feiras no Exterior, mas trazer os buyers aqui em nossa ´casa´ é uma oportunidade ótima para nós”, afirmou ela. “Aqui no Oriente Médio, somos um país estável e isso ajuda a indústria do turismo a se desenvolver “, enfatizou.
Em relação à religião, a ministra Maha foi direta: “a Jordânia é um showcase da boa relação entre cristãos, de todas as denominações, e os muçulmanos". Ela sugeriu que os operadores e agentes de viagens elaborem pacotes que combinem a Jordânia com Egito e Israel ou com Dubai, entre outros países da região. Autoridades da Jordânia e de Israel assinaram um acordo de paz em 1994.

Ao responder uma das perguntas, Fayez afirmou que o vôo da Emirates entre São Paulo (GRU) e Dubai pode colaborar para o crescimento do turismo do mercado sul-americano na Jordânia. E disse que, ainda que o país tenha diversas atrações e destinos, Petra – uma das sete novas maravilhas do mundo moderno – é o gateway no Exterior.
Agora à tarde, até às 18h (14h pelo horário de Brasília), ocorre a feira e os encontros de negócios entre os suppliers e os buyers.


*Fonte: O Site PANROTAS viaja a convite do Jordan Tourism Board

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA
CLIQUE E VOTE
© PANROTAS