Aviação - Passageiros: atenção em aeroportos e rodoviárias - Notícia - Turismo
Home

www.panrotas.com.br

Passageiros: atenção em aeroportos e rodoviárias

- Aviação
Da Redação Da Redação
DA AGÊNCIA BRASIL

O grande movimento registrado em aeroportos e rodoviárias em época como a das festas de fim de ano requer atenção extra dos passageiros com suas bagagens. Muitas vezes, um momento de distração pode levar o passageiro a ter a mala furtada. O tenente-coronel da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) William Araújo alerta para que o viajante tenha sempre as bagagens à vista.

“O passageiro não deve se descuidar dos pertences em momento algum e ter cuidado com qualquer pessoa que se aproxime para pedir informação. Isso pode ser só para distrair a ação de uma segunda pessoa. Além disso, não se deve abrir a bagagem em público, principalmente se houver objetos de valor que chamem a atenção”, advertiu Araújo.

Ele recomenda que as mulheres andem com a bolsa à frente do corpo e com os bolsos fechados. Além disso, devem evitar expor objetos de valor, como telefones celulares. “Às vezes, a pessoa usa o telefone, deixa em cima de uma mesa para fazer outra coisa e esquece o aparelho. Esse tipo de oportunidade faz com que o infrator, motivado, aja”. Segundo ele, os furtos, principalmente em rodoviárias, são ocorrências muito comuns nesta época do ano.

A companhia Gol Linhas Aéreas recomenda que dinheiro e objetos de valor não sejam transportados em malas. “A companhia orienta os clientes a levar notebooks, câmeras fotográficas, telefones celulares, documentos, dinheiro e outros objetos de valor na bagagem de mão”, diz em nota.

Caso o furto seja inevitável, o tenente-coronel da PMDF recomenda que a vítima procure um Centro de Atendimento ao Turista, que funciona em aeroportos e rodoviárias, ou policiais devidamente identificados que estejam no local.

“Se for furtada, a vítima deve ir a uma delegacia, de preferência uma de atendimento ao turista, para fazer o boletim de ocorrência e relatar os documentos perdidos. Em caso de estrangeiros, procurar o consulado do país de origem para providências em relação à perda de passaporte”, explica Araújo.

Nos aeroportos, além de tomar cuidado com a bagagem antes do embarque, o passageiro precisa ter atenção no momento de recolher as malas na esteira. Malas com características muito comuns podem ser personalizadas com fitas, adesivos, entre outros detalhes que tornem a aparência da bagagem mais singular e dificultem que outra pessoa a pegue por engano.

Se mesmo assim a mala não aparecer na esteira, o
passageiro deve procurar a companhia para que se apure se houve furto ou extravio. “Toda e qualquer manifestação de bagagem danificada, extraviada e/ou violada deve ser reportada aos funcionários da companhia, na sala de desembarque, para que o processo adequado seja aberto”, esclarece a Gol.

A empresa recomenda ainda que o passageiro “faça a conferência da etiqueta de identificação e a condição da bagagem antes de deixar a sala de embarque para que, identificada qualquer irregularidade, procure os atendentes da empresa a fim de que o Registro de Irregularidade de Bagagem (RIB) seja aberto”.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA
CLIQUE E VOTE
© PANROTAS