Aviação - EUA reforçam segurança em aeroportos após tiros - Notícia - Turismo
Home

www.panrotas.com.br

EUA reforçam segurança em aeroportos após tiros

- Aviação
Leonardo Ramos Leonardo Ramos
Flickr/Evan P. Cordes
Aeroporto John F. Kennedy, Nova York, um dos que tiveram a segurança reforçada. Fonte: http://bit.ly/2j4tI8z
Aeroporto John F. Kennedy, Nova York, um dos que tiveram a segurança reforçada. Fonte: http://bit.ly/2j4tI8z

O tiroteio ocorrido na última sexta-feira (6) no aeroporto internacional Fort Lauderdale, Flórida, provocou uma rápida reação de outros aeroportos espalhados nos Estados Unidos, que tiveram medidas de segurança reforçadas e um aumento na força policial de prontidão, segundo o site de notícias Travel Mole.

Nos aeroportos de Nova York, é visível a presença de um número elevado de seguranças da Autoridade Aeroportuária da cidade, equipados com artilharia pesada, além de veículos blindados estacionados nos terminais. Segundo a ABC News, também foram registrados um maior número de patrulhas com cães treinados e checagem aleatória de bagagens.

Também foram registrados uma presença maior de segurança nos aeroportos de Boston, Miami e Los Angeles.

Já os aeroportos de Minneapolis, Filadélfia, San Diego e Tampa tiveram a segurança reforçada nas chamadas “soft areas”, locais anteriores à sala de embarque e abertos para todo o público, tanto passageiros como visitantes que trazem ou buscam familiares e amigos.

Segundo John Cohen, ex-coordenador de contraterrorismo do DHS (Departamento de Segurança Interna dos EUA, em português), há diversos pontos cegos que precisam ser corrigidos nos aeroportos americanos: “As autoridades locais devem priorizar o patrulhamento dessas áreas por policiais uniformizados”, explicou à ABC News, acrescentando que “eles devem ser bem treinados, capacitados para reconhecer o comportamento de indivíduos que possam estar planejando um ataque e preparados para reagir de forma eficiente no caso de algum atentado ou tiroteio”.

O autor do tiroteio na Flórida, Esteban Santiago, foi preso logo após a ação que deixou 5 mortos e 6 feridos, e pode enfrentar a pena de morte.

*Fonte: Travel Mole

conteúdo original: http://bit.ly/2j4hjBJ
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA
CLIQUE E VOTE
© PANROTAS