Aviação - Emirates reduz voos para os Estados Unidos; saiba - Notícia - Turismo
Home

www.panrotas.com.br

Emirates reduz voos para os Estados Unidos; saiba

- Aviação
Bruna Murback Bruna Murback
Valentin Chesneau/Flickr
A Emirates Airline decidiu reduzir seus voos para os Estados Unidos, devido à queda significativa na demanda por viagens ao país, desde que Donald Trump assumiu a presidência, há três meses. A aérea informa que não deixará de operar em qualquer dos aeroportos norte-americanos, porém, irá reduzir as frequências de voos em pelo menos cinco regiões, das 12 que atualmente opera.

ROTAS AFETADAS
A partir de 1º de maio, os voos da Emirates para Fort Lauderdale (Flórida) serão reduzidos para cinco vezes por semana (hoje é diário), assim como serviço de Orlando (Flórida), a partir de 23 de maio. No começo de junho, os voos da Emirates para Boston (Massachusetts) serão reduzidos para uma vez ao dia. A partir de 1º de julho, Los Angeles também terá esta redução.

"Esta é uma decisão comercial em resposta à queda na demanda de viagens para os Estados Unidos", disse um porta-voz da Emirates à ATW. "As recentes ações tomadas pelo governo dos Estados Unidos com relação à emissão de vistos de entrada, e o reforço do controle de segurança e as restrições sobre dispositivos eletrônicos em cabines de aeronaves tiveram um impacto direto no interesse dos consumidores e na demanda por viagens aéreas para os EUA".

O Aeroporto Internacional de Dubai está incluso nos dez aeroportos onde os passageiros que viajam em voos diretos para os EUA têm sido barrados pelo Departamento de Segurança Americano, desde o final de março, por transportar dispositivos eletrônicos, como tablets e laptops.

A companhia informa que suas operações para os Estados Unidos tiveram um “crescimento saudável” até o fim de 2016. "No entanto, nos últimos três meses, vimos uma deterioração significativa nos perfis de reservas em todas as nossas rotas para os EUA, assim como em todos os segmentos de viagens", afirmou o porta-voz.

*Fonte: ATW

conteúdo original: http://bit.ly/2oqkzH1
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA
CLIQUE E VOTE
© PANROTAS