Destinos - Grã-Bretanha no inverno: curta a neve na terra da rainha - Notícia - Turismo
Home

www.panrotas.com.br

Grã-Bretanha no inverno: curta a neve na terra da rainha

- Destinos
Renato Machado Renato Machado
Divulgação/Visit Britain
Vale de Glencoe, nas Highlands escocesas
Vale de Glencoe, nas Highlands escocesas
Passar o inverno na Europa é o objetivo de muita gente que abomina o calor extremo do verão brasileiro. Com temperaturas não tão rigorosas quanto alguns países da região, a beleza de cenários brancos em neve e a infraestrutura necessária para lidar com o frio, a Grã-Bretanha surge como o destino ideal para o período.

Seja em cenários naturais, como as Highlands, na Escócia, seja em construções históricas, como os prédios da universidade de Oxford, na Inglaterra, a neve irá cobrir cada centímetro proporcionando imagens de tirar o fôlego.
Divulgação/Visit Britain
Campus da universidade de Oxford, em Londres, coberto de neve
Campus da universidade de Oxford, em Londres, coberto de neve

PAISAGENS
Nas Terras Altas escocesas, alguns pontos são destaque pela beleza durante o período do inverno. O vale de Glencoe é parada obrigatória, que é ainda mais reforçada pela proximidade de locais como a Bem Nevis, montanha mais alta do Reino Unido, e da cordilheira de Cairngorms – ambos locais conhecidos pela prática de esportes na neve.

Nas grandes cidades, os parques são uma opção. Em Londres, por exemplo, o centralizado St James Park e os mais afastados Hampstead Heath e Richmond Park reservam gostosos momentos, como a construção do seu próprio boneco de neve.
Divulgação/Visit Britain
Pista de patinação de Somerset House, em Londres
Pista de patinação de Somerset House, em Londres

PATINAÇÃO
Uma vez que o contato com a neve é tão constante, o próximo passo do visitante é calçar patins de gelo e rumar para um rinque de patinação. Eles estão espalhados por toda a terra da rainha e é uma atividade indispensável para as famílias.

As principais pistas de patinação estão em Londres, como a estrutura localizada logo abaixo da Torre de Londres, ou a fantástica pista de Somerset House, cercada pela construção neoclássica que hospeda a Courtauld Gallery e em frente a uma gigantesca árvore de natal.

A capital da Escócia, Edimburgo, também tem em sua pista de patinação um ponto turístico. Logo aos pés de seu castelo histórico, a pista é um dos maios rinques a céu aberto de toda a Europa. Além de se divertir na pista, os visitantes poderão curtir a vista privilegiada da cidade e ainda aproveitar os eventos de inverno, como shows e comidas típicas.
Divulgação/Visit Britain
Com a Abadia ao fundo, spa de águas termais em Bath vale a visita
Com a Abadia ao fundo, spa de águas termais em Bath vale a visita

ENTRETENIMENTO
Apesar de belo e divertido, o inverno não é tão amigável assim para eventos apenas ao ar livre. Por isso, as opções de entretenimento da região caem como luva para aquelas tardes ou noites reservadas para o descanso.

É claro que Londres é a cidade culturalmente mais viva da Grã-Bretanha. Por lá, são diversas as opções, como os imperdíveis musicais de West End ou balés da Royal Opera House. Saindo da capital, há os teatros de Old Vic, em Bristol, ou o Royal Shakespeare Theatre, em Stratfor-upon-Avon.

No entanto, o reino hospeda cultura em todos os seus países. Seja nas capitais de País de Gales, Cardiff, com o suntuoso Wales Millennium Centre, ou de Escócia, Edimburgo, com o National Theatre.

Mais que isso, curtir o inverno na região também é sinônimo de banhos em águas termais (como o icônico Thermae Bath Spa, na cidade de Bath), experiências gastronômicas nos mercados de natal (nas maiores cidades, porém, em especial, em Londres, no Borough Market, e em Leeds, no Christkindelmarkt), ou pints de cerveja e doses de úisque nos pubs espalhados pelo país.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA
CLIQUE E VOTE
© PANROTAS