Operadoras - CVC bate recorde de vendas em 2017; veja números - Notícia - Turismo
Home

www.panrotas.com.br

CVC bate recorde de vendas em 2017; veja números

- Operadoras
Renê Castro Renê Castro
Emerson Souza

A CVC acaba de divulgar ao mercado os dados operacionais do primeiro trimestre deste ano.

O grande destaque do balanço foi o desempenho de março no Lazer da operadora, com o total de R$ 554 milhões, recorde histórico da companhia, superando outubro do ano passado, quando a CVC reportou R$ 538 milhões em vendas. As reservas confirmadas totalizaram R$1,486 bilhão (somente a operadora) no primeiro trimestre de 2017, representando crescimento de 15,2% versus o 1T16.

Em recuperação, a Rextur Advance chegou a R$ 294 milhões em março e também desbancou os melhores resultados históricos. Com a Experimento, investida da CVC para o intercâmbio, a história não foi diferente: R$ 20 milhões.

“Estamos observando um crescimento interessante desde o terceiro trimestre do ano passado. Tudo isso é reflexo do nosso empenho no dia a dia. A Rextur Advance é uma empresa que acompanha o PIB, ou seja, com a retomada deste índice, a empresa cresce automaticamente. O trabalho do Marcelo [Sanovicz] tem sido excepcional. Já a Experimento está indo de vento em popa. É mais uma empresa em que investimos e os resultados falam por si. Foi uma escolha certeira”, afirmou o presidente da CVC, Luiz Eduardo Falco (foto), em entrevista exclusiva ao Portal PANROTAS.

Fora isso, nos últimos 12 meses, as vendas das lojas atingiram alta de 6,2%, superando a inflação (IPCA) do período de 4,76%. Ainda há uma defasagem dos últimos dois anos a ser compensada, mas a tendência atual, segundo a CVC, é de recuperação.

A recuperação do segmento internacional foi um dos principais fatores, e se refletiu em um forte crescimento das compras para embarque nos próximos trimestres, quando comparado com a compra para embarque no mesmo trimestre.

“O internacional vem fazendo a diferença e retornando aos seus tradicionais 40% de participação, com os destinos clássicos sendo muito requisitados. Estou falando de Orlando, Buenos Aires e América do Sul. Para os viajantes mais experiências, a Europa tem sido o principal destino. É importante ressaltar, por outro lado, que o nacional é sempre o nosso porto seguro, com uma média de 60% da nossa movimentação. Durante a crise, o internacional caiu e chegou a representar 25% da nossa movimentação, ou seja, estamos sempre fazendo esse trabalho de entregar o que o cliente quer e pode pagar. Isso é o varejo”, explicou Falco, completando que a estabilidade do dólar a R$ 3,20 ajudou o consumidor no momento de escolher a viagem.

NOVAS LOJAS
Neste primeiro trimestre, a CVC abriu nove lojas, totalizando 97 aberturas nos últimos 12 meses (83 aberturas líquidas). Em março de 2017, estavam em operação 1.104 lojas exclusivas CVC.

GRUPO
As reservas confirmadas do Grupo CVC totalizaram R$ 2,346 bilhões no primeiro trimestre, representando crescimento de 11,9% versus 1T16. No caso das reservas embarcadas, o crescimento foi de 6,7% no primeiro trimestre 2017 em comparação com o 1T16. O número de passageiros embarcados cresceu 7,6% no 1T17.

DÍVIDA
Em março, a CVC afirmou que concluiu a primeira emissão de debêntures através da ICVM 476 no valor de R$ 200 milhões, com vencimento em março de 2019 e custo equivalente a 107,5% do CDI (109% custo estimado all in). A captação teve por objetivo o alongamento do perfil da dívida e a redução do custo.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA
CLIQUE E VOTE

Comentários

  • Augusto da Costa e Silva - 10/04/2017 10:28:18
    Eu gostaria de parabenizar a empresa pelos números maiores e quem sabe, eu posso participar deste novo trabalho.
    DENUNCIAR

  • Luiz Fernando Azevedo - 04/04/2017 17:09:56
    Parabens ao Grupo Cvc , conte sempre com nossas vendas e apoio .
    DENUNCIAR

© PANROTAS