DESTINOS

Veja os destinos mais procurados por viajantes corporativos nos EUA

Shutterstock
As viagens corporativas e reuniões de negócios fervilham por todo o território dos Estados Unidos, mas há algumas cidades que concentram a maior parte delas. Você sabe quais são as mais disputadas para eventos corporativos? Confira a seguir:

NOVA YORK
Arquivo PANROTAS
Os espaços disponíveis para eventos na cidade são muitos, ganhando destaque o recém-reformado New York Marriott da Brooklyn Bridge, que oferece mais de 47 mil metros quadrados de centro de convenções, além do Grand Hyatt New York, que dispõe de mais de 60 mil metros quadrados de espaços para eventos com capacidade para receber até 500 pessoas, sendo um salão de 19 mil metros quadrados e outro com cinco mil metros quadrados. Há ainda o Sheraton New York Times Square, que está bem próximo a pontos icônicos da cidade, como o Central Park, o Madison Square Garden e o Radio City Music Hall, além de dispor de um centro de conferências de 11 mil metros quadrados e um salão de 14 mil metros quadrados.

Para se ter uma ideia, até o último mês de maio a oferta de quartos na cidade chegava a 113 mil, com a expectativa de subir para os 137 mil nos próximos dois anos. No ano passado a cidade recebeu mais de 60 milhões de visitantes, um recorde para a Big Apple, e o número deve chegar aos 61,8 milhões este ano, sendo 48,7 deles visitantes dos Estados Unidos e os demais, estrangeiros. E para receber todo esse fluxo de passageiros, os aeroportos locais e companhias aéreas estão investindo em novos terminais e lounges, a exemplo do aeroporto La Guardia, que recebeu investimentos de US$ 4 bilhões para sua revitalização, obra que deverá durar cinco anos.

O projeto prevê a completa reconstrução dos terminais A e B, além da construção de um aeromóvel que ligará o aeroporto ao sistema de trens de Long Island e ao de balsas na região. Um novo hall central que unirá todas as áreas de trânsito de passageiros é outra parte do projeto, e ainda há a possibilidade de estender a reforma aos terminais C e D.

O JFK é outro que está em obras, as quais envolvem US$ 67 milhões na reforma do Terminal 7 e serão concluídas no final do ano que vem, trazendo um novo balcão de check-in com espaço exclusivamente destinado a membros do Club World e passageiros da primeira classe, além de um novo design para o The Concorde Room.

ATLANTA
Arquivo PANROTAS
As viagens corporativas correspondem a 70% do total de visitantes da cidade, cujo potencial para Mice é nítido: é lá que está o Georgia World Congress Center, que possui mais de 3,9 milhões de metros quadrados de espaço para eventos e tem capacidade para receber até 71,2 mil pessoas, sediando eventos como o Atlanta Foodservice Expo, o Atlanta Shoe Market, o Medtrade e o Atlanta Boat Show.

O destino também é muito procurado para viagens de incentivo, já que oferece opções de passeio diversificadas a apenas uma hora e meia de distância da cidade, como montanhas e vinícolas, opções ideais também para aqueles que querem praticar o bleisure e estender os dias de trabalho na companhia do cônjuge e dos filhos.

Opções de hospedagem é o que não falta, com mais de 16 mil hotéis à disposição dos viajantes e tarifas mais atrativas em comparação com outros destinos dos Estados Unidos. Mas se depender do Hartsfield-Jackson Atlanta International Airport (ATL), considerado o aeroporto mais movimentado do mundo, o alto número de visitantes está garantido: anualmente são cerca de 100 milhões de passageiros transportados. O aeroporto recebeu recentemente investimento de US$ 6 bilhões para ampliação de sua capacidade e construção de novas instalações.

MIAMI
Ron Reiring
O destino está apostando forte em seu potencial no Mice, considerando que foram investidos recentemente US$ 515 milhões na ampliação do Centro de Convenções de Miami Beach, que passará a contar com uma nova área de 60 mil metros quadrados para eventos e salas de reuniões adicionais moduláveis, envolvendo tecnologia de ponta.

No total, são três grandes centros de convenções na cidade, que juntos somam uma área de mais de um milhão de metros quadrados, e a demanda de eventos corporativos vai de encontro ao número cada vez mais crescente de passageiros no Aeroporto Internacional de Miami, que transportou no ano passado mais de 44,6 milhões de passageiros. A cidade também é um dos destinos mais procurados para viagens de incentivo, considerando as praias movimentadas como Miami Beach, Fort Lauderdale, Hollywood Beach e Boca Raton, além das áreas destinadas a compras.

Isso sem contar a diversidade de hotéis que o destino oferece. Ao todo são mais de 50 mil quartos disponíveis na cidade, seja em hotéis boutique ou em luxuosos resorts. Até 2019 a expectativa é de que sejam construídos mais 8,5 mil quartos.

CHICAGO
Arquivo PANROTAS
Os viajantes corporativos costumam utilizar bastante o transporte público para chegar a eventos reuniões de negócios na cidade, e eles também podem contar com uma grande oferta de quartos, que já beira os 44 mil.

Entre os novos hotéis que chegam ao destino este ano, ganha destaque o Marriott Marquis Chicago, que oferecerá 1.205 quartos e estará conectado ao centro de convenções Mc Cormick Place, considerado um dos maiores dos Estados Unidos. Seus mais de 2,6 milhões de metros quadrados de área para eventos e as 170 salas de reuniões atraem cerca de três milhões de visitantes ao ano.

Para 2017 a cidade já tem previsto 35 grandes eventos, e a conectividade aérea certamente contribuirá para sua realização, considerando que os aeroportos O´Hare e Midway oferecem, juntos, mais de 1,4 mil voos diários para mais de 245 destinos ao redor do mundo.

Recentemente uma nova pista de pouso começou a ser construída no aeroporto O´Hare, com previsão de abertura para 2020. A pista melhorará o desempenho do aeroporto e o tornará apto a receber aeronaves de maior porte. A novidade também acarretará a construção de novos portões de embarque pelas companhias aéreas. Nada mal para o destino que espera atrair 55 milhões de visitantes anuais até 2020.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA