MERCADO

Qual é a melhor forma de engajar um viajante?


Karina Cedeño
Mauricio Carvalho (T&E Consulting), Manuela Souza (Algar) e Mauricio Ugioni (Gerdau) participaram do painel
Mauricio Carvalho (T&E Consulting), Manuela Souza (Algar) e Mauricio Ugioni (Gerdau) participaram do painel
BELO HORIZONTE - Há diversas formas de tornar um viajante mais engajado com a política de viagens, mas nenhuma é tão eficiente quanto a comunicação.

A conclusão foi unânime entre os especialistas que participaram do painel sobre melhores práticas nas normas de viagens durante a Conferência de Gestores da HSMai em Belo Horizonte.

“A comunicação é a base de tudo, então é preciso estar sempre próximo aos colaboradores e entender suas necessidades, lembrando que eles também devem estar cientes da política, sabendo o que a empresa espera deles, tendo autonomia com responsabilidade”, afirmou o travel manager da Gerdau, Mauricio Ugioni.

Para a gestora de viagens da Algar, Manuela Souza, os gestores precisam compartilhar os resultados das políticas com os viajantes. “O engajamento do viajante resulta da troca de informações e é importante acompanhar o dia a dia do seu viajante para saber como oferecer a ele uma boa experiência. Isso sem contar a necessidade da transformação digital, que não significa apenas usar aplicativos para prestar contas, mas principalmente oferecer sistemas e processos mais tranquilos para o viajante, que quer olhar e saber qual é o melhor canal, sem perder tempo ao ficar comparando preços”, finalizou a especialista.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA