TURISMO

Iberostar abrirá sete resorts em 2019; depois de 13 em 2018


Iberostar Hotels & Resorts
Iberostar pretende eliminar consumo de plástico descartável até 2020.
Iberostar pretende eliminar consumo de plástico descartável até 2020.

O Grupo Iberostar encerrou 2018 com 13 novos hotéis e anunciou a abertura de mais sete para 2019. Alguns dos destinos que receberam hotéis do grupo são inéditos como Roma, Istambul e Lagos. A Iberostar cresceu 9% em 2018, se comparado ao ano anterior e gerou mais de quatro mil empregos em escala mundial.

Além do crescimento financeiro, o grupo também virou referência do Turismo responsável, eliminando plástico descartável, conscientizando os hóspedes a um consumo responsável de peixes e valorizando a vida marinha costeira.

A referência no Turismo responsável começou com o movimento ‘Onda de Mudança”, iniciado em 2017. A rede foi a primeira a eliminar o consumo de plástico descartável na Espanha.

Com essa ação, o Grupo Iberostar deixou de gerar 300 toneladas de lixo plástico ao ano e aboliu a utilização de 11,7 milhões de artigos de plástico descartável, substituindo por produtos biodegradáveis ou feitos de materiais naturais.

Para 2019, a rede pretende eliminar o plástico descartável de todos os quartos de seu portfólio e em 2020 será eliminado de qualquer hotel da rede.

INVESTIMENTOS

Os novos hotéis estarão nos seguintes destinos: Espanha (Maiorca e Madri), Itália (Roma), Portugal (Lagos), Tunísia (Monastir e Sousse) e Turquia (Istambul).

Com 1,5 mil quartos no portfólio, a rede destacou projetos em andamento, que serão cruciais para 2019: Los Cabos e Litibu (México) e o avanço em outros destinos como Montenegro, Aruba, Albânia e Cuba. Todos os hotéis da rede são de quatro e cinco estrelas e mais de 70% da rede foi renovada recentemente.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA