Michael Barkoczy fala do futuro profissional, pós-Flytour | Operadoras | PANROTAS
OPERADORAS

Michael Barkoczy fala do futuro profissional, pós-Flytour


Emerson Souza
Michael Barkoczy: sabático e novos planos
Michael Barkoczy: sabático e novos planos
“Tenho sede de fazer, de inovar, minha saída foi algo negociado e natural”, garante Michael Barkoczy sobre o fim de seu ciclo no Grupo Flytour, anunciado hoje. O acordo amigável incluiu a compra dos 10% da operadora que eram de Barkoczy e a não inclusão de uma cláusula de non compete. Ou seja, ele pode fazer o que quiser profissionalmente a partir de amanhã, desde ir para um concorrente ou abrir sua própria empresa — o que é uma raridade em acordos desse tipo e nesse nível de executivo.

“Antes de qualquer coisa quero tirar um período sabático”, afirmou ao Portal PANROTAS. “E depois ver o que fazer, além dos projetos pessoais que possuo”.

Barkoczy se diz muito honrado de ser substituído por Fábio Oliveira e de ter construído, com a família Oliveira, a segunda maior operadora do País. Sobre os demais diretores da Flytour MMT (como Barbara Picolo, Daniel Firmino, Marcelo Paolillo, Emerson Amaral, entre outros), ele diz que nada muda, e que o time continuará tocando a operadora e apoiando o Fábio como fizeram com ele nesses sete anos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA