PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Receita turística no Brasil cresce 5,9% no primeiro semestre

Shutterstock
A receita cambial turística no Brasil foi 5,9% superior no primeiro semestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados da Diretoria de Estudos Econômicos e Pesquisa do Ministério do Turismo. Isso equivale a um total de US$3,2 bilhões injetados na economia brasileira por turistas estrangeiros.

Somente no mês passado, a receita cambial referente aos gastos de turistas estrangeiros no Brasil foi de US$ 379 milhões, o que equivale a um percentual de 0,5% superior a junho de 2017, quando a receita foi de US$ 377 milhões.

Os resultados tornam clara a importância de mais investimentos para o setor no Brasil, considerando que o mercado de Turismo internacional é altamente competitivo e já faz parte de uma das principais fontes arrecadadores de alguns países, aponta a autarquia.

Na Espanha, por exemplo, o Turismo contribuiu com 14,9% do PIB em 2017, e um relatório do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) aponta que a evolução se deve às boas ligações de transporte, qualidade da oferta, experiência e colaboração entre as administrações públicas e as empresas privadas do país.

No Brasil, recentemente, a Embratur e o Ministério do Turismo uniram forças na promoção do Turismo internacional e lançaram a campanha #FelizesPorNatureza, que impactou mais de 300 milhões de pessoas durante a Copa do Mundo na Rússia. As ações no mercado russo foram estratégicas, considerando que no ano passado 23 milhões de russos viajaram para outros países e apenas 19 mil escolheram destinos brasileiros.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA