Latam oscila no nacional, mas se fortalece no inter; confira | Aviação | PANROTAS
AVIAÇÃO

Latam oscila no nacional, mas se fortalece no inter; confira

Arquivo PANROTAS

Com expectativa de crescimento para este ano, o Grupo Latam acaba de divulgar as projeções preliminares das operações do último mês de dezembro e do acumulado de 2017. Em relação ao número de passageiros quilômetros pago (RPK), o grupo obteve um crescimento de 2,3% no comparativo entre dezembro de 2017 e o ano anterior, com um total de 2,75 milhões de passageiros. Para o acumulado do ano, contudo, a empresa registrou uma queda de 3,2% — passando de 30,9 milhões em 2016 para 29,9 milhões, em 2017.

O grupo ainda obteve um aumento em sua demanda de passageiros, com um percentual de 85,1% na taxa de ocupação nos voos domésticos — o que representa um aumento de 1,4% em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado do ano, o crescimento foi de 0,3 ponto percentual, com uma taxa de 82,7%.

Já em relação à oferta no Brasil, em assentos quilômetro disponível (ASK), a aérea registrou um aumento de 0,6% no mês de dezembro, com um percentual de 85,1%. Para o ano, o crescimento foi relativamente pequeno, em apenas 0,3 ponto percentual, configurando uma taxa de ocupação de 82,7%.

OPERAÇÕES INTERNACIONAIS
Se de um lado as operações domésticas sofreram variações, as internacionais mantiveram a tendência de crescimento. De acordo com a projeção, houve um aumento de 1,7% no RPK em dezembro, com 5,6 milhões de passageiros transportados, e de 4,7% no acumulado do ano, com 66,3 milhões de passageiros.

Os números são semelhantes em relação ao ASK, com também crescimento de 1,7%, em dezembro, e de 3,8% para o acumulado do ano. A taxa de ocupação permaneceu a mesma que de dezembro de 2016, com 84,8%, enquanto o acumulado do ano sofreu uma variação de 0,7 ponto percentual, alcançando a marca de 86,9%.

Ao todo, o grupo transportou cerca de 1,3 milhões de passageiros, um aumento de 2,9% em relação a dezembro do ano anterior. Já no acumulado de 2017, foram 16,05 milhões — o que representa um crescimento de 6,3%.

TODO O SISTEMA
Para todo o sistema do grupo, que envolve as operações domésticas de outros países da América Latina, houve aumento de 1,4% no tráfego de RPK em relação dezembro do ano passado, frente a um aumento de 0,9% na capacidade (ASKs). Com isso, a taxa de ocupação foi de 84%, um aumento de 0,4 pontos percentuais se comparado ao mesmo período de 2016, que obteve 83,6%. Já no acumulado do ano, a taxa de ocupação aumentou 0,6 ponto percentual, totalizando 84,8%.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA