Emirates lança Dubai-Tóquio e mais três voos

|

Netto Moreira
Na home, Ralf Aasmann, diretor geral da Emirates para o Brasil; acima, o executivo com Marcia Galvão, gerente de Vendas da companhia
Dubai-Tóquio, Dubai-Amsterdã, Dubai-Praga e Dubai-Madri. Estes são os novos voos que a Emirates apresentou hoje, em São Paulo, durante almoço no restaurante Jun Sakamoto. A partir de 28 de março, a companhia aérea iniciará suas operações com destino ao Japão, com um Boeing 777-300. O equipamento tem capacidade para 354 pessoas – oito na primeira classe, 42 na executiva e 304 na econômica. A empresa terá cinco frequências semanais: segundas, quintas, sextas, sábados e domingos.

Os outros voos têm início marcado para 1º de maio (Alemanha), 1º de junho (República Tcheca) e 1º de agosto (Espanha), mas detalhes sobre equipamentos e expectativas ainda não foram dadas pela companhia. O foco do encontro de hoje era, realmente, a rota Dubai-Tóquio.

De acordo com o diretor geral da Emirates para o Brasil, Ralf Aasmann, o voo para o Japão era um desejo antigo da aérea. “Os brasileiros também se beneficiarão com o voo. Afinal, aqui vive uma das maiores colônias de japoneses do mundo”, afirmou o executivo, ressaltando que o trecho São Paulo-Dubai será voado em aproximadamente 27 horas. Falando em colônia japonesa, em Dubai vivem mais de três mil japoneses, sendo que 200 deles trabalham na Emirates. “Tóquio será o 102º destino que vamos voar”, observou ele.

O voo EK318 partirá de Dubai às 2h50, chegando no Aeroporto Internacional de Narita às 17h55 do mesmo dia. No percurso inverso (EK319), a aeronave decola às 21h40, pousando em Dubai às 4h35 do dia seguinte. “A parceria com a Japan Airlines será expandida para atender a outros destinos japoneses”, destacou Aasmann.

O dirigente não revelou quais são os índices de ocupação esperados para os primeiros meses de atuação, mas pontuou qual é a média esperada para que a companhia não tenha prejuízo na rota. “Para ser um voo rentável, a ocupação deve variar entre 60% e 65%, e o Brasil terá um papel importante nisso”, revelou ele, sem dar detalhes. Além de Tóquio, a Emirates opera também em Osaka.

A rota Dubai-Tóquio já está sendo comercializada. Para mais detalhes, acesse www.emirates.com.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA