ENTRETENIMENTO

Sampa comemora 2010 e prevê 16 mi turistas em 2014

Netto Moreira
Caio Luiz de Carvalho, presidente da SP Turis
A cidade de São Paulo está festejando 2010 como o melhor ano para o turismo paulistano Segundo o presidente da São Paulo Turismo, Caio Luiz de Carvalho, foram 11,7 milhões de visitantes, sendo 1,6 milhão de estrangeiros. A previsão da SP Turis é de chegar a 15,8 milhões em 2014, ano da Copa do Mundo de Futebol, da qual São Paulo é uma das 12 sedes escolhidas.

Ainda em 2010, a taxa de ocupação da hotelaria paulistana (410 hotéis e 42 mil quartos) subiu 11,7% em relação a 2009 e fechou em 68,5%, índice também recorde.

“Temos trabalhado São Paulo pensando sempre no tripé eventos, negócios e agenda cultural. Assim, hoje somos o primeiro destino do País, temos a melhor infraestrutura turística, com uma oferta de 42 mil quartos em 410 hotéis, e passamos a trabalhar usando o que a cidade tem de melhor a favor do turismo, que é o conceito de economia criativa”, explicou o presidente da SPTuris, Caio Luiz de Carvalho.

Segundo ele, o incremento na oferta de atividades culturais e o uso dos próprios costumes paulistanos como produtos turísticos são dois fatores que vem ajudando a puxar o crescimento do setor. "De 2005 para cá, temos intensificado o trabalho junto a cadeia produtiva e mostrado que nosso produto, o ser paulista, ser brasileiro, ser diverso, é muito bom. Da mesma forma, São Paulo também vem atraindo muitos shows e eventos internacionais, musicais da Broadway, tem uma das melhores night lifes do mundo, e tivemos a criação da Virada Cultural e também de equipamentos culturais excepcionais, como os museus da Língua Portuguesa e do Futebol. Tudo isso forma esse caldeirão cultural que é a cidade e desperta o interesse dos potenciais visitantes, que assim vêem que São Paulo pode oferecer uma experiência completa de Brasil e de mundo”, ilustrou o Carvalho.

Outros dados de destaque do turismo paulistano em 2010:

- Aumento de 26,6% na arrecadação de ISS somente no setor de hospedagem e turismo, totalizando R$ 158,4 milhões (excluídas receitas extras gerada direta e indiretamente na cadeia produtiva do entretenimento e serviços);

- 56 mil pessoas atendidas nas Centrais de Informação Turística (CITs);

- 413 mil postos de trabalho gerados pela indústria de turismo e eventos;

- Faturamento de R$ 9,6 bilhões com o segmento.

PLATUM
O diretor de Turismo da SP Turis, Luiz Sales, deu outra boa notícia ao setor: a São Paulo Turismo, junto com o Conselho Municipal de Turismo e as entidades de turismo, concluiu o Plano de Turismo Municipal (Platum), para os próximos quatro anos (2011/2014).

As projeções feitas pelo Observatório de Tendências Turísticas da SP Turis indicam um sólido e contínuo crescimento da atividade, considerando-se ainda um grande investimento na melhoria do produto turístico paulistano, com destaque para os investimentos em mobilidade urbana, transportes e o início das obras do Expo São Paulo em Pirituba.

O Platum tem ainda uma projeção desenvolvida pela Fipe para o horizonte de 2020, quanto o Expo São Paulo Pirituba estará concluído e a cidade deverá receber perto de 16,5 milhões de turistas, número este que poderá aumentar caso a cidade capte a oportunidade de realizar a Exposição Mundial de 2020.

O prefeito Gilberto Kassab e o presidente Caio Luiz de Carvalho participaram hoje da abertura da São Paulo Fashion Week, na Bienal do Ibirapuera, onde divulgaram esses e outros números.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA