PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Demanda por hospedagem de luxo cresceu 25% no Brasil

Dados da Expedia apontam que a demanda por hospedagem de luxo está em ascensão no Brasil. Em comparação com 2015, as reservas feitas através do site em hospedagens classificadas com quatro e cinco estrelas cresceu 25% no País.

A maior parte das reservas comercializadas pela OTA foram para Rio de Janeiro, São Paulo e Foz do Iguaçu, mas a Expedia destaca que a Praia do Forte, na Bahia, registrou o dobro de demanda em 2016.

Divulgação Palácio Tangará
Palácio Tangará, hotel de luxo previsto para abrir em São Paulo no segundo trimestre
Palácio Tangará, hotel de luxo previsto para abrir em São Paulo no segundo trimestre

A maioria das reservas ainda é feita pelo público nacional, que cresceu 55% em 2016, quando comparado com o ano anterior. Entre os viajantes internacionais, turistas dos Estados Unidos correspondem a quase 50% da demanda. No Rio de Janeiro, eles são responsáveis por um terço das reservas totais, que contabilizam brasileiros e estrangeiros.

Os argentinos estão crescendo neste segmento, com aumento de 70% no número de viagens de luxo ao País em relação a 2015.

A Expedia aponta Brasília como o local ideal para crescimento desse mercado. A diária em um hotel cinco estrelas na cidade teve valor médio de R$ 346 em 2016, cerca de 40% menos do que outras regiões do País.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA