“Não vamos permitir abusos de preços na Copa” | Eventos | PANROTAS
EVENTOS

“Não vamos permitir abusos de preços na Copa”

O ministro do Turismo, Gastão Vieira, afirmou que o governo não vai controlar o preço da hotelaria durante os megaeventos que o País sediará nos próximos anos. Porém, ele ressaltou que abusos nos valores das diárias não serão tolerados. “Não vamos permitir preços que o ultrapassem o bom senso”, disse ele, durante coletiva de imprensa no Fórum PANROTAS.

Em relação às recentes propostas da Embratur, o ministro revelou que o governo está alinhado no pensando que há uma necessidade de que os preços das passagens aéreas no Brasil não sejam exorbitantes. “Isso não é uma questão exclusiva do ministério do Turismo, envolve outros órgãos também, como Anac e a Secretaria de Aviação de Civil (SAC). Estamos trabalhando em conjunto com outras pastas”, comentou. “O que nós precisamos é aumentar a oferta de assentos para baixar o valor dos bilhetes aéreos”, completou,

O ministro do Turismo da África do Sul, Marthinus van Schalkwyk, afirmou que o país passou por problemas parecidos com o Brasil durante a realização da Copa do Mundo em 2010. “A diária de hospedagem durante um evento como esse não pode ser comparada com o valor cobrado em baixa estação. Precisamos comparar maçãs com maçãs”, disse, em tom figurado. No entanto, ele informou que uma empresa de auditoria foi contratada para estudar o assunto por lá e constatou que somente 6% dos hotéis praticaram preços abusivos. "Como se vê, 94% atuou de forma correta, de acordo com a demanda do mercado."

Já o presidente e CEO do Conselho Mundial de Viagem e Turismo (WTTC), David Scowsill, completou dizendo que o Brasil, pelo seu tamanho, precisa também de mais empresas low cost. “A Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos serão quatro semanas de explosão no fluxo de turistas estrangeiros, mas esses não poderão ser considerados os únicos geradores de crescimento do turismo internacional. Facilitar o processo do visto, então, é mais importante do que os megaeventos”, concluiu.

O Fórum PANROTAS acontece em aliança institucional com a CNC – Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo, patrocínio do Sebrae, patrocínio premium de CVC, Gol e Itaú; patrocínio master de American Airlines, GJP Hotéis e Resorts, Reserva Fácil, Sabre Travel Network e Tap; patrocínio executivo de Beto Carrero, Esferatur, GTA, Iberostar Hotels and Resorts, Instituto Alatur, Localiza e Reserve, patrocínio de gastronomia de Blue Tree Hotels; destinos patronos Pernambuco e Recife; audiovisual da R1 Solutions, consultoria em tecnologia da Bysense e assessoria de comunicação da B4T. Além disso, o evento terá compensação de carbono realizada com apoio da Tour House.
Leia Também
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA