Aeroporto de Bali reabre após alerta de cinzas vulcânicas | Aeroportos | PANROTAS
AEROPORTOS

Aeroporto de Bali reabre após alerta de cinzas vulcânicas

Divulgação / Ngurah Rai International Airport
Por conta do fechamento do aeroporto de Bali (foto), foram cancelados 445 voos e cerca de 60 mil visitantes ficaram ilhados
Por conta do fechamento do aeroporto de Bali (foto), foram cancelados 445 voos e cerca de 60 mil visitantes ficaram ilhados

O aeroporto de Bali foi reaberto hoje, após três dias de interrupção causados por uma nuvem de cinzas vulcânicas que se espalhou pela ilha. Apesar da reabertura, a autoridade da aviação local classificou a situação como alerta “laranja” — apenas um nível abaixo do mais perigoso —, sendo que o aeroporto poderá ser fechado novamente.

Ao todo, cerca de 60 mil turistas ficaram presos na ilha, com o cancelamento de 445 voos, quando o vulcão entrou em erupção na última segunda-feira (27), após um período de 54 anos inativo.

De acordo com informações da Reuters, as principais companhias aéreas que operam em Bali já alertaram que retomarão suas atividades. A Singapore Airlines destacou que voltar ainda nesta quarta-feira com a rota Cingapura e Bali.

Já a Qantas Airways disse que a empresa e sua parceira low cost Jetstar deverão realizar, a partir de amanhã, cerca de 16 voos para a Austrália — que possibilitará que mais de 3,8 mil passageiros retidos em solo indonésio retornem para casa.

Ainda sem ter a situação completamente sob controle, o governo local aconselhou que os habitantes da região, em um raio de até dez quilômetros ao redor do vulcão, procurem por centros de emergência. A situação ainda aponta para um risco “iminente” de erupção.


*Fonte: Travel Mole e Reuters

conteúdo original: http://bit.ly/2zygkP1
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA