Ex-CVC abrirá agência 24 horas: "revolução no mercado" | Turismo | PANROTAS
TURISMO

Ex-CVC abrirá agência 24 horas: "revolução no mercado"

Divulgação/Hometur
Sidney Santana
Sidney Santana
Farmácias, conveniências, padarias, chaveiros. Há estabelecimentos que faz sentido óbvio oferecer serviço 24 horas, e são encontrados abertos madrugada adentro, principalmente nos grandes centros urbanos. Agora, agências de viagens? Essa é a aposta do empresário Sidney Santana, que trabalhou por quatro anos como consultor de viagens na CVC em São Bernardo do Campo (SP) e, poucos dias após sair da operadora, decidiu abrir o próprio negócio, denominado Hometur, também no ABC Paulista.

Após alguns meses como freelancer, Santana inaugurou, em julho do ano passado, a primeira loja física da Hometur em Santo André. Cerca de seis meses depois, a agência de viagens ganhou uma filial em São Caetano (SP) e agora se prepara para abrir a terceira loja, na última cidade faltante no ABC, com uma proposta diferente: a Hometur Premium funcionará 24 horas nos sete dias da semana, "praticamente dentro do Shopping Metrópole".

“Havia escolhido o local da nova loja, no segundo andar de um posto de combustível, e pensei: se esse estabelecimento funciona 24 horas, por que meu negócio também não pode ser assim?”, lembra. Funcionando em três turnos de oito horas, com trocas às 8h, 16h e 24h, a loja será inaugurada até o final de agosto com dez funcionários.

PROXIMIDADE E IMEDIATISMO
Mas que tipo de clientes a Hometur Premium atrairia? "Não seremos uma agência convencional. Nosso cliente encontrará aqui um clube de viagem, um local para tomar um drinque, um café, comer algo e traçar seu próximo destino. Daremos tratamento diferenciado. As pessoas virão curtir o espaço em qualquer hora. Soma-se a isso a falta de tempo do consumidor moderno para realizar suas atividades e o surgimento das melhores tarifas durante a madrugada, além das reservas que caem à meia-noite e podemos aproveitar imediatamente. Em vez de navegar em seu laptop nas primeiras horas do dia, com uma compra suscetível a dúvidas, como geralmente acontece nas OTAs, ele terá tudo esclarecido em um ambiente muito amigável", justifica Santana. "Seremos a primeira agência do Brasil que realmente terá um espaço físico 24 horas por dia, em detrimento a algumas que atendem apenas via plantão", garante.

Acompanhar o consumidor em todos os períodos da viagem será outra tarefa facilitada pelo funcionamento 24 horas por dia, segundo ele. “Procuramos trabalhar forte no pós-venda e no contato imediato, respondendo às solicitações na hora via e-mail, telefone e Whatsapp. Dessa maneira, já fechei produto às 2h da manhã”, revela o empresário, apostando que o horário entre 22h e 2h serão um dos maiores picos da agência.

Facebook/Hometur
Região do Shopping Metrópole, onde ficará a nova loja
Região do Shopping Metrópole, onde ficará a nova loja

A agência vende pacotes de viagem, intercâmbio, passagens aéreas e hospedagem. Cerca de 70% do faturamento vem de destinos internacionais, com destaque para a Europa, Caribe, Dubai e cruzeiros. Mais de 90% de suas vendas são operadas pela CVC, ainda que a Hometur seja multimarcas. Rextur Advance é a consolidadora favorita de Santana, principalmente pelo serviço prestado.

MODELO DE NEGÓCIO
Formado em Gestão de Turismo, Sidney Santana atua no setor há sete anos e movimenta R$ 800 mil por mês na soma das duas lojas, e a expectativa é somar a esse número mais R$ 1 milhão só com a nova unidade. Nenhum de seus 18 funcionários (incluindo os dez de SBC) é contratado via CLT. “Prefiro ver todo mundo como sócio, progredindo, e investir efetivamente neles. Hoje todos ganham, no mínimo, 25% da rentabilidade”, diz o empresário sobre a ausência de carteira assinada. “Na empresa havia microempreendedores individuais prestando serviço. A partir de abril, passei a inseri-los no quadro social e o faturamento dobrou. Os funcionários se sentiram valorizados e efetivamente no que é deles”, argumenta.

Em relação às metas, ele pensa alto. “Meu objetivo é crescer. Da mesma forma que quis ser o melhor vendedor da CVC, hoje como empresário eu quero que a Hometur seja a 'Apple do Turismo'. A melhor empresa para se trabalhar. Uma revolução no mercado”, conclui.

*Colaborou Rodrigo Vieira
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA