"Nada está terminado", diz Disney sobre área de Avatar | Parques temáticos | PANROTAS
PARQUES TEMÁTICOS

"Nada está terminado", diz Disney sobre área de Avatar

WDWNews
A atração ambienta o mundo dos Na'vi
A atração ambienta o mundo dos Na'vi
Em cerca de quatro meses, a área de Pandora se tornou um dos grandes atrativos do Walt Disney World Resort. Muito além do ineditismo, a Pandora: o Mundo de Avatar, situada no Animal Kingdom, acalma aos poucos a ansiedade dos fãs, que assistirão em 2018 à sequência da franquia responsável pela maior bilheteria da história do cinema.

Até 2025 haverá ao menos mais quatro filmes da franquia Avatar. Em oito anos, o complexo possivelmente irá renovar a atração ou até mesmo expandir em outros parques, como foi sugerido pelo diretor executivo da marca, Bob Iger. Essas novas oportunidades, aliadas ao fato o complexo da Flórida completar 50 anos em 2020, são cada vez mais comentadas.

Em entrevista com a reportagem, a gerente de Relações Públicas da Disney Destinations, Paula Hall, comentou sobre o caso. A executiva até recorreu a falas do mentor da gigante do entretenimento, Walt Disney. “Nada nunca está terminado, já dizia ele. Se existe uma possibilidade, não sei se há uma previsão”, declarou.

A área de 48 mil metros quadrados de Pandora tem atraído o interesse de visitantes de todo mundo. Como se não bastasse a novidade, o World of Avatar tem permitido ao Animal Kingdom uma extensão no horário de funcionamento. Em determinados dias da semana, o parque fechava as portas às 18h, mas agora tem atividades, como o Rivers of Light, que podem ser visitadas até a 1h ou até mesmo outros atrativos não ligados à saga dos Na’vi de James Cameron, como pontuou Paula.

DEPOIS DA TEMPESTADE
Henrique Santiago
Paula Hall, Gabriela Delai e Deborah Baldin, da Disney Destinations
Paula Hall, Gabriela Delai e Deborah Baldin, da Disney Destinations
A chegada dos furacões Irma e Harvey, que devastaram o Sul dos Estados Unidos e Caribe, inclusive obrigando a Disney a fechar os parques, não trazem mais incômodos para o complexo. Ao garantir a segurança total em Orlando e nos empreendimentos Disney, Paula afirma que os visitantes continuam a chegar e a expectativa é de encerrar 2017 com um número maior de visitantes.

“Nós estávamos preparados, a cidade toda estava preparada. Um tema interno nosso [na Disney] é segurança em primeiro lugar, por isso levamos isso adiante com nossos clientes. Não houve danos ou perdemos energia na propriedade , que tem duas vezes o tamanho de Manhattan”, explicou a gerente baseada em Orlando.

MERCADO BRASILEIRO
Para 2018, o Walt Disney World Resort prospecta um número de visitantes superior ao deste ano. Embora não revele números, a expectativa positiva após uma queda em entradas em 2016 se dá pela abertura da área temática deToy Story, que acontecerá entre junho e julho do próximo ano.

As obras estão em ritmo intenso, inclusive, a última novidade da atração é o recebimento dos carrinhos do cachorro Slinky, um brinquedo do protagonista Andy. Como em outras praças, a futura abertura deve movimentar o mercado brasileiro. Segundo Paula, o Brasil é o maior mercado latino-americano e tem o dobro de importância dos demais países da região.

Mesmo com crise política e econômica aqui e os discursos pouco receptivos de Donald Trump, a visitação de brasileiros só tem crescido em 2017, de acordo com ela. “Nós temos muito claro que a relação entre ambos é de muita proximidade e perdura independentemente dos desafios enfrentados por Brasil ou Estados Unidos”, afirmou.

ABAV

Quem acha que Disney se vende sozinho está enganado. A Disney irá participar da 45ª Abav Expo, no Expo Center Norte, em São Paulo, em um treinamento com a Trade Tours, uma das operadoras seletas, para mais de 500 agentes de viagens. Na manhã da quarta-feira (27), a partir das 8h, irá realizar o primeiro treinamento da Disneyland Paris no Brasil no hotel Renaissance, também na capital paulista, para cerca de 300 profissionais.

*Notícia atualizada às 10h39 de 26/9/2017 corrigindo o nome do aprque onde se situa Pandora - MUndo de AVatar: Animal Kingdom, e não Magic Kingdom
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA