EMPRESAS

Cúpula debate futuro do setor aéreo entre UE e AL

Nas próximas terça e quarta-feiras (dias 25 e 26), cerca de 300 representantes europeus e latino-americanos de órgãos reguladores, companhias aéreas, fabricantes de aeronaves e associações do setor estarão reunidos no Rio de Janeiro para discutir rumos e oportunidades de desenvolvimento do transporte aéreo nas duas regiões. A Cúpula União Europeia – América Latina da Aviação Civil é uma iniciativa conjunta da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), da União Europeia e da Comissão Latino-americana de Aviação Civil (Clac).

Na pauta do encontro estão a Remoção de Barreiras para o Transporte Aéreo; Desenvolvimento e Tendências para as Companhias Aéreas; Segurança – Desafios e Potenciais de Cooperação, Infraestrutura Aeroportuária e Política de Aeroportos; Gestão de Tráfego Aéreo e Novas Tecnologias; Implicações Ambientais do Transporte Aéreo além da Dimensão Econômica e Social do setor.

Os mediadores e palestrantes da Cúpula da União Europeia (UE) são representantes de alto nível dos setores público e privado das duas regiões. Além do ministro Nelson Jobim e do vice-presidente da Comissão Europeia, Siim Kallas, a abertura contará com a presença do ministro de Transporte da Espanha, José Blanco, e do presidente da CLAC, José Huepe Pérez.

Mais de 20 milhões de passageiros viajam todos os anos em rotas diretas entre a América Latina e a União Europeia. Do Brasil, partem todas as semanas 198 voos com destino a sete países do bloco: Alemanha (21), Espanha (30), França (46), Holanda (6), Itália (20), Inglaterra (17) e Portugal (58). No entanto, outros 20 países da União Europeia ainda não contam com ligações aéreas diretas com o Brasil.

Mais informações na página da Anac na Internet, no endereço www.anac.gov.br/anac/cupula.asp
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA