Mystifly chega ao Brasil com 150 aéreas low cost | Tecnologia | PANROTAS
TECNOLOGIA

Mystifly chega ao Brasil com 150 aéreas low cost

Consolidadora mundial de tarifas aéreas — integradas a partir de mais de 150 empresas low cost (um de seus diferenciais), mais de mil companhias no total, conteúdo de GDSs (80% do Sabre) e de fornecedores locais em 70 países — a indiana Mystifly vê na América do Sul sua próxima fronteira de crescimento. Oficialmente no Brasil há um mês, a Mystifly vai abrir escritório até o final do ano em São Paulo, onde já contratou William da Costa Silva, ex-Sabre, para a área de Vendas.

O vice-presidente para a América Latina, Sachin Keni, que está no Brasil desde a WTM, em abril, se diz surpreso com o potencial da indústria de viagens na região. Os melhores resultados estão vindo do Brasil e da Venezuela, mas a empresa também está na Argentina e no Uruguai.

São três os principais produtos da Mystifly. O primeiro é o My Fare Box, que tem como público-alvo agências de viagens, gestores, TMCs... É uma plataforma de reservas, com ênfase no grande banco de dados internacional da empresa. “O agente de viagens poderá vender Nova York-Londres ou Nova York-Dallas com preços locais”, diz Sachin, que garante os menores preços do mercado, com descontos entre 30% e 40%. A Mystifly tem seu trunfo nesses acordos internacionais, pois ainda não fechou acordos domésticos no Brasil. As 150 companhias low cost/low fare são outra força e os agentes podem vender até ancillaries como bagagem, assento preferencial, entre outros.

O pagamento pode ser em real, com depósito em uma conta no Brasil, ou com cartão de crédito internacional.

O segundo produto é o One Point leva para as OTAs, por exemplo, a versão XML do My Fare Box, com as ligações e tarifas em tempo real.

E o terceiro produto da Mystifly é o Xclusive, White label para grandese empresas, como redes de agências, consolidadoras, entre outras empresas.

Saiba mais em www.mystifly.com ou mande e-mail para william@mystifly.com.

Leia Também
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA