ECONOMIA E POLÍTICA

Marta: "Quem fizer turismo sexual tem de ser preso"

Indagada sobre os rumores de o Brasil ser um destino de turismo sexual, a ministra do Turismo, Marta Suplicy, foi enfática: “O Brasil não é um destino de turismo sexual. E quem fizer turismo sexual tem de ser preso.”

A nova ministra também fez um apelo de conscientização dos brasileiros para que não aceitem esse estereótipo, comentando que há países que são conhecidos por esse nicho, mas "o Brasil realmente não é". A ministra visitou hoje os corredores do 27o Encontro Comercial Braztoa, que ocorre no Centro de Eventos do Shopping Frei Caneca, em São Paulo.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA