AEROPORTOS

Tam, Ocean Air e BRA são multadas em R$ 3,55 mi

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça multou as empresas Tam, Ocean Air e BRA em R$ 3,55 milhões por falta de assistência aos passageiros de vôos com atraso superior a quatro horas. A decisão foi publicada ontem no Diário Oficial da União, mas as empresas ainda podem recorrer.

A Tam terá de pagar R$ 992,8 mil por irregularidades no aeroporto de Guarulhos (16 vôos atrasados e dois cancelados) e mais R$ 2,3 milhões por 19 vôos atrasados e 27 cancelados em Brasília. A BRA foi multada em R$ 140,6 mil devido a ir-regularidades nos vôos a partir de Brasília e a Ocean Air, em R$ 39,1 mil. As multas foram aplicadas com base no Código de Defesa do Consumidor.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA