AEROPORTOS

Air China deixa de voar para o Brasil

Netto Moreira
A Air China acaba de anunciar que está suspendendo sua operação direta entre São Paulo e Madri, a partir de 14 de setembro, quando sai o último vôo previsto para este ano. A intenção, segundo Marcos Souza, gerente comercial, é retomar a operação no primeiro quadrimestre de 2009. A justificativa são os altos custos do petróleo. "Isso em um vôo de 20 horas pesa bastante", explica o gerente.

A companhia informa que continuará com o vôo Madri-Pequim e com o escritório em São Paulo, inclusive no aeroporto de Guarulhos. A operação no Brasil foi iniciada em dezembro de 2006.

Os passageiros que já possuem passagens aéreas para a data após 14 de setembro (incluindo retorno da China) serão reacomodados em outras empresas aéreas. "Queremos transparência com nossos clientes, pois pretendemos voltar. Daremos toda a assistência necessária", afirmou Souza ao Site PANROTAS.

O telefone para contato é (11) 3186-8888.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA