AEROPORTOS

Pantanal entra com pedido de recuperação judicial

Netto Moreira
A Pantanal Linhas Aéreas, que opera principalmente no interior de São Paulo, entrou com pedido de recuperação judicial. A informação foi confirmada por uma fonte dentro da companhia. A alternativa, que foi utilizada por empresas como a Vasp e a Varig (esta ainda sob recuperação judicial), tem como objetivo buscar apoio no processo de reestruturação financeira da empresa. Desde o inicio do ano, a Pantanal vem demonstrando fragilidade na sua operação. Em março, a Anac chegou a suspender os vôos da empresa por não ter apresentado documentos sobre sua situação técnica, operacional, jurídica e fiscal. Em 25 do mesmo mês, em atendimento à liminar concedida pela Juíza Federal substituta, Pollyanna Kelly Maciel Medeiros Martins Alves, a Anac prorrogou o prazo para a renovação da concessão e a Pantanal voltou a voar.

Os executivos da companhia não se manifestaram oficialmente sobre o pedido de recuperação judicial, que ainda não foi aceito e deve ter alguma resposta já em janeiro. As operações continuam normais, segundo a mesma fonte.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA