Puma Air solicita à Anac a operação de voo Brasil-Angola

|

A Puma Air já solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a aprovação de um voo diário entre Brasil e Angola, ainda sem previsão de início. Segundo a aérea, o interesse em operar a rota é justificado pelo número de brasileiros que vivem atualmente na capital angolana, Luanda – cerca de 50 mil.

Há pouco mais de três meses, a companhia, que operava apenas voos regionais entre o interior do Pará e Belém, passou a oferecer voos diários para Macapá (AP) e Guarulhos (SP),

META
Em seu primeiro ano de operação, a companhia tem como objetivo transportar um milhão de passageiros entre voos nacionais e para o Exterior. Segundo vice-presidente da aérea, Jorge Vianna, a meta equivale a 1,5% do share de voos domésticos e de 2,5% dos internacionais.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA