ENTRETENIMENTO

OMT divulga ranking de receita no turismo; Brasil é 39º

Netto Moreira
Nova York, nos Estados Unidos, que lideram o ranking entre os destinos que mais receberam ingressos no ano passado
O turismo internacional registrou crescimento de 4% no total de ingressos no ano passado, segundo a Organização Mundial do Turismo (OMT), que divulgou hoje o resultado. Com o aumento, o resultado é de US$ 1,07 trilhão, segundo o Barômetro da OMT. O montante representa novo recorde em relação ao montante de 2011, de US$ 1,04 trilhão. Os Estados Unidos lideram o ranking entre os destinos que mais receberam esses ingressos, com US$ 128 bilhões, representado crescimento de 10% sobre o valor de 2011.

O Brasil subiu uma posição no ranking, ocupando agora a 39ª colocação, ao registrar US$ 6,6 bilhões em receitas de turismo internacional no ano passado, segundo a OMT. O valor é apenas 1,4% superior ao registrado no ano anterior. Entre os dez primeiros colocados no ranking, houve mudanças pequenas, com Macau (China) e Alemanha trocando de posição entre si – Macau agora em sexto lugar e a Alemanha, em sétimo, ao contrário do resultados de 2011, mesmo caso de Hong Kong e Austrália. No último ranking, a Austrália era a nona colocada e Hong Kong, a décima, posições invertidas neste ano.

A lista dos destinos que mais receberam ingressos do turismo internacional tem a Espanha na segunda colocação, com US$ 55,9 bilhões, e a França na terceira, com US$ 53,7 bilhões. O destaque fica por conta de Hong Kong, nono colocado, com aumento de 14,1% na receita, chegando a US$31,7 bilhões. Na América Latina, o único país mais bem classificado que o Brasil é o México, na 24ª colocação, com US$ 12,7 bilhões em ingressos no ano passado. No mês passado, a OMT divulgou a lista dos países cujos visitantes mais gastaram no Exterior. O Brasil ocupa a 12ª colocação no ranking, liderado pela China.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA