Abracorp reprova fim de comissões da Air China | Aviação | PANROTAS
AVIAÇÃO

Abracorp reprova fim de comissões da Air China

Jhonatan Soares
Carlos Prado, presidente do Conselho de Administração da Abracorp, protesta contra decisão da Air China
Carlos Prado, presidente do Conselho de Administração da Abracorp, protesta contra decisão da Air China
Após as consolidadoras se recusarem a emitir bilhetes da Air China em 2019, a Abracorp é mais uma a protestar contra o corte de condições comerciais por parte da companhia asiática. A companhia aérea optou por zerar o comissionamento ao intermediário pela venda de seus serviços.

De acordo com a Abracorp, a reprovação tem como motivo a "preocupação permanente" da entidade "com a sustentabilidade econômica das associadas." A entidade ainda alertou que, após análise, pode "rever a continuidade" da venda de bilhetes da Air China para as empresas associadas.

“A Abracorp está mobilizada e pronta para analisar e, eventualmente, rever a continuidade da comercialização dos produtos Air China pelas associadas. Não vamos transigir no que tange ao cumprimento das boas práticas comerciais nem pactuar com decisões unilaterais”, argumentou o presidente do Conselho de Administração da Abracorp, Carlos Prado.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA