Site de viagens aposta em preço baixo e fatura R$ 1,8 mi | Mercado | PANROTAS
MERCADO

Site de viagens aposta em preço baixo e fatura R$ 1,8 mi


Um novo site de viagens chegou ao Brasil oferecendo o que a maioria dos viajantes desejam: preços mais baratos nas passagens. O Yzzer.com, criado por empreendedores cearenses em março deste ano, já faturou R$ 1,8 milhão vendendo promoções de hospedagem e pacotes turísticos pela internet.

“Apostamos em vender mais barato para ganhar em escala. Por isso nossas taxas são menores que as dos concorrentes”, afirmou um dos sócios do negócio, Ronald Aguiar, durante evento de apresentação da startup.

LUCRATIVIDADE
Oferecendo pratos valorizados e com preços competitivos, a rede de restaurantes Coco Bambu gerida pelo mesmo grupo, que já conta com 21 casas espalhadas por todo o País, aposta na venda em grande escala para a obtenção de lucros. A mesma estratégia é aplicada no Yzzer.

Embora tenha uma margem de lucro menor que a concorrência, a empresa já vendeu quase cinco mil passagens, atendendo pessoas físicas e também o mercado corporativo – que, aliás, a empresa promete preços ainda mais baixos.

É importante destacar que a startup começou a ser desenvolvida em 2014, já firmando acordos com companhias aéreas e outros parceiros mesmo antes de seu lançamento.

ATENDIMENTO
A empresa aposta em um atendimento personalizado. De acordo com os sócios, caso o cliente tenha algum problema com a passagem comprada, e precise mudar a data da viagem, por exemplo, será possível solucionar a situação por telefone.

Foi justamente a falta desse tipo de contato entre compradores e vendedores on-line que impulsionou a abertura do negócio. “Nós éramos usuários desses serviços. Uma vez precisamos reagendar uma passagem e não conseguíamos atendimento. Foi o estalo para o negócio”, afirma Aguiar.

Outra forma de atender os clientes será a partir do Whatsapp. O usuário pode entrar em contato com a Central de Atendimento da empresa e solicitar a pesquisa de passagens mais baratas. O serviço é feito sem custo adicional. “É como se você tivesse um agente de viagens à sua disposição”, afirma.

METAS
Com cerca de seis meses de existência, a empresa já alcançou a marca de R$ 1,8 milhão em faturamento. O objetivo é chegar a R$ 5 milhões até o final deste ano.

Atualmente a empresa é composta por aproximadamente 20 funcionários, com um expediente das cinco da manhã à meia-noite.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA