DESTINOS

Veja como Detroit está se reposicionando como destino corporativo

Dreamstime
A região central da cidade receberá em breve novos hotéis e restaurantes
A região central da cidade receberá em breve novos hotéis e restaurantes

Após décadas de declínio econômico e demográfico, a cidade de Detroit, nos Estados Unidos, vem aos poucos recuperando sua posição como destino para eventos corporativos. Um dos motivos é a chegada de novas opções de hospedagem na cidade, que prometem agradar a todos os gostos e vão desde empreendimentos de grandes redes a hotéis butique.

Um desses lançamentos é o Element Detroit Hotel, da Starwood, resultado da renovação do histórico edifício Metropolitan Building, localizado na 33 John R Street. O hotel de 110 quartos será inaugurado em julho do ano que vem e oferecerá aos hóspedes corporativos dois mil metros quadrados de espaço para eventos e reuniões no segundo andar, preservando o design original do edifício no lobby e no mezanino. Para aqueles que quiserem aproveitar e conhecer a cidade, o hotel também disponibilizará bicicletas.

Além do Element, outro prédio que será transformado em hotel é o Wurlitzer, localizado no centro de Detroit. A propriedade de 106 quartos será inaugurada em 2018 e a renovação envolve US$ 20 milhões. Há ainda o West Elm, hotel butique de 120 quartos que será construído em Midtown e é parte de um projeto maior, que incluirá também uma área lojas.

Enquanto estas novidades não chegam à cidade, que tal aproveitar as novas opções gastronômicas da região para fechar negócios com seus clientes? Cerca de 100 novos restaurantes, cervejarias, destilarias e cafés abriram em Detroit nos últimos anos, e mais novidades estão para chegar, como a confeitaria Dangerously Delicious Pies e o Atomic Chicken. Mas se a ideia é aproveitar os espaços de eventos da cidade, é bom saber que o Cobo Convention Center foi expandido após renovação que envolveu US$ 279 milhões e traz um novo ballroom de 40 mil metros quadrados e um átrio de 30 mil metros quadrados, sendo este último circundado por paredes de vidro que oferecem vistas da cidade.

MAIOR TRÁFEGO DE PASSAGEIROS
Facebook/Detroit Metro Airport

Pelo segundo ano consecutivo, o Detroit Metropolitan Airport (foto) registrou alta no número de passageiros, de acordo com o The Washington Times. No ano passado foram 34,4 milhões de passageiros embarcados, contra os 33,4 milhões do ano anterior, fato que mostra o quanto o destino tem sido procurado pelos viajantes. A alta no número de passageiros acontece depois de cinco anos de estagnação, período em que que o número não saía dos 32 milhões ao ano. O aumento também se deu - pela primeira vez desde 2010 - no número de pousos e decolagens, com mais de 393 mil voos no ano passado (14 mil a mais do que em 2015).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA