DISTRIBUIÇÃO

Azul aumenta oferta em 16,6% em outubro; demanda acompanha

Divulgação/ Azul Linhas Aéreas

A Azul Linhas Aéreas revelou nesta semana seus resultados para outubro, com alta tanto na oferta quanto na demanda na comparação com o mesmo mês do ano passado.

A ampliação da malha aérea da aérea no decorrer do ano levou a companhia a fechar o mês com alta de 16,6% de capacidade contra outubro do ano passado. A demanda acompanhou o aumento de perto, com o tráfego de passageiros subindo 15,9% na mesma comparação. Isso resultou em uma ocupação de 82,4%, uma queda de 0,5 ponto percentual contra os 82,9% de outubro de 2017.

Ao considerar apenas os voos domésticos, a taxa de ocupação nos voos nacionais cresceu 0,7 pontol percentual, ficando em 81,6%. A demanda (RPK) em trechos domésticos subiu 15,7%, mais que a alta de 14,6% de oferta (ASK), também para voos internos.

Já no setor internacional a Azul sofreu uma redução de 5,6 pontos percentuais de ocupação, que foi de 84,9%, contra 90,2% na comparação ano a ano. Isso muito por conta do aumento de 24,1% da oferta internacional em outubro deste ano contra o mesmo mês em 2017 - a demanda em voos ao Exterior subiu 16,4% no mesmo período.

ACUMULADO DO ANO VAI BEM
“No acumulado do ano, aumentamos a capacidade em notáveis 16,7%, com crescimento na taxa de ocupação, que totalizou 82,1%, o que demonstra uma demanda robusta, especialmente em voos domésticos", resumiu o CEO da companhia, John Rodgerson.

A taxa de ocupação doméstica no período janeiro a outubro foi de 80,6%, alta de 0,2 ponto percentual contra o mesmo período de 2017.

Já no segmento internacional os números foram altos: a ampliação de voos ao Exterior da Azul fez com que, no acumulado do ano até outubro, a companhia contasse com um aumento de 58,6% de oferta. Isso foi acompanhado por um aumento de 52,4% na demanda nos trajetos internacionais. Como resultado, a ocupação ficou em 86,7%, menos que os 90,2% do mesmo período de 2017.

Confira na tabela abaixo os resultados de tráfego da Azul para outubro, e para o acumulado do ano até o mês passado:

Divulgação Azul
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora