66% dos viajantes LGBTQ+ planejam viajar ainda em 2020

|


Divulgação NYC & Company/ Walter Wlodarczyk
29% dos entrevistados planejam realizar uma viagem internacional nos próximos seis meses
29% dos entrevistados planejam realizar uma viagem internacional nos próximos seis meses
De acordo com uma pesquisa da International Gay & Lesbian Travel Association (IGLTA), 66% dos membros da comunidade LGBTQ+ se sentem confortáveis em viajar novamente a lazer antes do final de 2020, especialmente em setembro e outubro. Quase metade (46%) revelou que não mudaria o destino após a pandemia, refletindo um alto grau de lealdade ao destino. Apenas 28% dos entrevistados disseram que mudariam suas opções de destino.

"Estudos anteriores mostraram que a nossa comunidade é um segmento de viagens resiliente e leal, com tendência de viajar mais do que as pessoas não LGBTQ+. Queríamos documentar os sentimentos dessa população durante este momento desafiador para lembrar à indústria do Turismo que os viajantes LGBTQ+ deveriam ser uma parte valiosa de seus planos de recuperação", afirmou o presidente e CEO da IGLTA, John Tanzella.

O levantamento revelou ainda que 57% dos entrevistados provavelmente farão uma viagem a lazer doméstica e 29% pretendem realizar uma viagem internacional nos próximos seis meses. Em relação aos meios de hospedagem, 48% planeja se hospedar em hotel ou resort e 34% em casa ou apartamento. No que se refere à distância, 45% pretende realizar um voo curto (três horas ou menos), 35% de médio curso (três a seis horas) e 27% de longo curso (mais de seis horas).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA