DSP: como a Star Alliance quer conectar as aéreas | Tecnologia | PANROTAS
TECNOLOGIA

DSP: como a Star Alliance quer conectar as aéreas

Divulgação/Star Alliance
Tecnologia DSP visa conectar informações relevantes às aéreas parceiras e também ao passageiro
Tecnologia DSP visa conectar informações relevantes às aéreas parceiras e também ao passageiro
A Star Alliance lançou uma nova plataforma de serviços digitais (DSP) visando a conexão digital entre a 28 companhias membros da aliança. A DSP tem como objetivo principal a coleta de dados fornecidos pelas aéreas ou por terceiros e disponibilizá-los aos aplicativos das aéreas, facilitando as operações e otimizando a experiência digital dos clientes.

"Os passageiros mais frequentes têm uma companhia aérea 'de casa' em nossa rede e preferem controlar toda a sua experiência de viagem por meio de um único aplicativo ou site", afirmou o CEO da Star Alliance, Jeffrey Goh. "Estamos trabalhando para criar recursos de forma centralizada que podem ser compartilhados para nossos membros individuais".

Uma vez disponível na DSP, a oferta de serviço poderá ser usada pelas aéreas individualmente. Um exemplo disso é o recurso de marcação de assentos que permite aos clientes da United Airlines escolher assento nos voos da Singapore Airlines via canais da aérea norte-americana.

A Lufthansa, por sua vez, está usando a DSP para fornecer informações de rastreamento de bagagem aos clientes em viagens que incluem voos de outras companhias da aliança. Os dados, abastecidos pelo hub de bagagem da Star Alliance, são disponibilizados para todas as empresas membros incluídas no itinerário do passageiro.

"As companhias aéreas precisam reforçar a cooperação com as companhias membros da aliança e os ecossistemas associados para assegurar uma maior compreensão das exigências de um viajante", destacou o líder da consultoria tecnológica da Accenture, desenvolvedora da tecnologia, Robert Zippel.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA