GJP inaugura hotel 2 em 1 junto ao aeroporto de Confins

|

Netto Moreira
A fachada do novo hotel do grupo GJP.
CONFINS, MINAS GERAIS - Mais um empreendimento da GJP Hotels & Resorts foi inaugurado na noite de ontem (18), desta vez em Minas Gerais. O Linx & Prodigy Hotel Confins é o primeiro “dois em um” da companhia de Guilherme Paulus, somando conceitos três e quatro estrelas em um mesmo imóvel de frente para o aeroporto internacional de Confins.

Foram R$ 38 milhões investidos pela GJP no estabelecimento, que tem 174 apartamentos dispostos em dez andares - sendo 135 da bandeira Linx, de três estrelas, e outros 39 da marca Prodigy, de quatro. O hotel ainda conta com bar na recepção, academia, wi-fi gratuito, estacionamento com manobrista e um centro de convenções para 400 pessoas no topo do prédio. E traz facilidades como o transporte em uma van própria entre o aeroporto e o hotel durante todo o dia. No quarto, não se ouve ruído algum do aeroporto a poucos metros de distância.

Combinando duas marcas no mesmo hotel, a GJP espera atrair diferentes públicos para o hotel mineiro. “É uma forma de unir o útil ao agradável em um esquema único. Podemos receber diferentes classes sociais e oferecer opções não só de luxo, mas para aqueles que querem conforto mas abrem mão de certos benefícios”, explicou o presidente da companhia, Guilherme Paulus, à reportagem do Portal PANROTAS no evento de inauguração do hotel. Essa estratégia poderá ser aplicada novamente em empreendimentos futuros, segundo ele. “Mesmo em um hotel de lazer isso pode ser feito, você ter dois prédios com padrões diferentes no mesmo estabelecimento”, disse.

A ocupação média esperada para o novo hotel é de 40% no primeiro ano, segundo Paulus. “Em 2017, esperamos subir para 50% e depois 60%, conforme a região se desenvolver mais”, apontou.

O EVENTO
Na cerimônia de inauguração do Linx & Prodigy em Confins, estiveram presentes, além da alta cúpula da GJP e profissionais do trade, autoridades do governo do Estado de Minas Gerais e representantes da BH Airport, concessionária que administra o aeroporto internacional vizinho ao hotel.

Em seu discurso de inauguração, Paulus lembrou do potencial turístico de Minas Gerais e de como a região em torno do aeroporto de Confins se desenvolveu rapidamente nos últimos anos. Com muitas representantes da CVC – que o executivo ajudou a fundar – presentes, ele destacou também o desempenho da operadora de viagens no Estado. Foram 54 mil turistas trazidos a Minas pela companhia no ano passado, um crescimento de 17% sobre 2014, e o equivalente a hospedar 60 pessoas por dia durante o ano.

PRÓXIMAS INAUGURAÇÕES

Paulus referiu também que não irá abandonar os planos de expansão em função de dificuldades econômicas. A GJP tem mais três inaugurações programadas para este ano, em Juiz de Fora (MG), Gramado (RS) e Brasília (DF). “Vamos continuar crescendo pelo Brasil, de Norte a Sul”, proclamou.

O Portal PANROTAS viajou a convite da GJP

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA