Aviação - Avianca Brasil estreia serviços diários em Santiago; fotos - Notícia - Turismo
Home

www.panrotas.com.br

Avianca Brasil estreia serviços diários em Santiago; fotos

- Aviação
Rodrigo Vieira Rodrigo Vieira

Rodrigo Vieira
Frederico Pedreira, presidente, e Marcius Moreno, diretor de Relacionamento com o Cliente, ambos recepcionando os passageiros ao voo inaugural da Avianca Brasil a Santiago
Frederico Pedreira, presidente, e Marcius Moreno, diretor de Relacionamento com o Cliente, ambos recepcionando os passageiros ao voo inaugural da Avianca Brasil a Santiago

SANTIAGO, CHILE - Pela primeira vez, uma aeronave da Avianca Brasil desce entre as montanhas da Cordilheira dos Andes e pousa no aeroporto Comodoro Arturo Merino Benítez, em Santiago. O voo 8518 saiu às 9h05 de São Paulo (GRU) e chegou na capital do Chile às 12h05, em quatro horas de trajeto.

Operada com o A330-200, a inauguração de hoje é um dos dois serviços diários que a companhia faz entre os destinos. O segundo sai de São Paulo às 20h10 e pousa às 23h25, este com o A320. No sentido oposto, os voos saem de Santiago às 13h50 e 0h55 e chegam às 18h40 e 5h55, respectivamente. Todos horários são locais.

Esta é mais uma etapa dessa fase internacional da Avianca Brasil, iniciada há cerca de dois meses com Miami e repleta de expectativa com Nova York, para dezembro. Neste meio tempo, a companhia deve anunciar um novo destino "nas Américas", como adiantou o CEO José Efromovich, presente neste serviço inaugural, o qual classifica como "um sonho sendo realizado".

Rodrigo Vieira
João Pedro Pita, do GRU Airport, entre Frederico Pedreira, José Efromovich e Tarcísio Gargioni, presidente, CEO e VP da Avianca Brasil, respectivamente
João Pedro Pita, do GRU Airport, entre Frederico Pedreira, José Efromovich e Tarcísio Gargioni, presidente, CEO e VP da Avianca Brasil, respectivamente


"Mais um sonho que nos acompanha há muito tempo. Em 2008, quando planejamos uma grande reestruturação, assumimos compromisso de voar para conquistar o passageiro brasileiro. Pouco tempo depois, em 2010, recebemos nosso primeiro A319 e de lá para cá passamos a atender nove destinos novos e dobramos o número de voos diários. Hoje temos a frota mais jovem da América Latina, com 50 modernos Airbus, e fecharemos o ano com 54", comemorou entre passageiros e convidados, ainda a bordo, emoldurado pela Cordilheira dos Andes.

A Avianca Brasil entra em um mercado praticamente dominado pela concorrente Latam Airlines após a fusão de Lan e Tam. Para o mercado, claro, uma concorrência como essa é cheia de significado. Operadores, consolidadores e agentes esperam ansiosos pelos novos equipamentos, horários e serviços que a nova companhia traz.

"E sem dúvida as tarifas devem ficar mais competitivas, como é natural quando uma companhia entra na disputa pela rota", avalia o CEO da CNT, André Khouri, presente no voo. "Ter a presença de uma companhia do porte da Avianca Brasil em uma rota tão buscada por nossos passageiros, tanto de lazer quanto corporativo, é sempre saudável e sinônimo de boas notícias para todo mercado."

Rodrigo Vieira
André Khouri, da CNT, acredita que o novo serviço trará mais competitividade à rota
André Khouri, da CNT, acredita que o novo serviço trará mais competitividade à rota


Para 238 passageiros, o A330-200 da Avianca Brasil tem duas classes de serviço, com uma executiva configurada em 1-2-1 e poltronas reclináveis em 180 graus, fully-flat. A econômica tem formato 2-4-2, todas com entretenimento individual e na categoria A do selo dimensional Anac. O A320 tem classe única e serve 162 passageiros nos mesmos moldes da aeronave anterior.

ALÔ, INBOUND
Autoridades, trade e imprensa locais foram assistir in loco à chegada do A330-200 da Avianca Brasil. Para os chilenos, o voo da Avianca Brasil também é carregado de oportunidades, pois "o Brasil é um destino mais do que consagrado, que dispensa apresentações ao Turismo chileno", na visão da subsecretária de Turismo do Chile, Javiera Montes.

Isto significa que não apenas os vendedores de inter devem estar atentos às novas oportunidades, mas também o inbound brasileiro. Receptivo, hotelaria, eventos... Um novo serviço como entre destinos tão recorrentes (como também são Miami e Nova York) sempre cria muita expectativa para as indústrias locais.

São Paulo é o terceiro destino internacional mais demandado do aeroporto de Santiago. Por sua vez, o Brasil é o segundo maior emissor de turistas ao Chile. Cerca de 440 mil brasileiros visitaram o país no ano passado.

Veja mais fotos no álbum abaixo.

Portal PANROTAS viaja a convite da Avianca Brasil com proteção Intermac.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA
CLIQUE E VOTE
© PANROTAS