MERCADO

Cangooroo (T4W) é adquirida pela Juniper e mira o Exterior


Marluce Balbino
Werner Heilbrun, CEO da T4W, prevê crescimento no Exterior da Cangooroo após aquisição da Juniper
Werner Heilbrun, CEO da T4W, prevê crescimento no Exterior da Cangooroo após aquisição da Juniper
A T4W, da plataforma de reservas Cangooroo, foi adquirida pelo fornecedor global de software de distribuição de viagens Juniper e está a um passo da internacionalização, além de se consolidar como um dos principais players do Brasil em seu segmento. Juniper e Cangooroo concorrem em alguns dos segmentos estratégicos em que trabalham, e buscam explorar essa intersecção para oferecer as soluções ideais a clientes de todas as naturezas e todos os portes.

Todos os contratos com os atuais clientes serão cumpridos sem nenhuma alteração e sem mudança de estratégia comercial, segundo o agora CEO da T4W, Werner Heilbrun, que vê na expansão internacional uma das maiores vantagens do negócio.

“Os clientes Cangooroo ganham agora todas oportunidades de distribuição e troca de informações com a Juniper, além de altíssima capilaridade no Exterior. Passamos a contar com a estrutura deles no mundo inteiro para fomentar vendas na plataforma Cangooroo. É a oportunidade de nossos clientes distribuírem seus produtos para Europa, Ásia, Oriente Médio e Estados Unidos”, afirmou o dirigente. “Do nosso lado, tentaremos triplicar nossa base atual de clientes até 2021.”

A Juniper tem mais de 200 funcionários e é responsável por mais de 200 clientes em 43 países. A T4W garante que o Cangooroo, criado em 2009, é o fornecedor líder de software para distribuição de viagens B2B no Turismo do Brasil. Ambas mantêm sua estrutura física, e a empresa brasileira terá presença nos escritórios Juniper no resto do mundo para dar suporte e venda. Vale ressaltar que Anzol e Interpec não entram no negócio e trabalham independentemente, já que foram vendidos previamente e separados do grupo T4W.

Os boatos de que a T4W seria vendida vinham sendo ecoados e prontamente desmentidos pelos seus sócios nos últimos anos. Werner Heilbrun reconhece que propostas existiram, mas não foram muito atraentes. “Com a Juniper entendemos que era o momento, pois o plano era bom, agressivo, alinhado com nossos desejos, que era de expandir sem perder DNA e modelo de atuação. É uma união que nos impulsiona para realizar esse sonho de atingir o mundo inteiro”, analisou o CEO.

"A Juniper tem o prazer de receber os clientes da T4W em nossa família. Estamos entusiasmados com a inclusão desta excelente equipe e seu grupo de gestores na família Juniper e Constellation, na medida em que procuramos construir sobre o grande sucesso, que tanto a Juniper como a T4W já alcançaram dentro da indústria de viagens", afirmou o CEO da Juniper, Jaime Sastre.

Mencionada por Sastre, a Constellation é o fundo canadense que adquiriu a Juniper em 2014. Motivo de orgulho para o CEO da T4W. “Eles têm por característica só comprar empresas líderes em seu segmento. A Juniper foi a primeira aquisição deles no Turismo, e somos os segundos, o que nos orgulha, pois estamos entrando em um seleto time”, concluiu Heilbrun.

A Cangooroo deve fechar o ano “muito positivo” de 2017 com crescimento em faturamento e reservas, e em 2018 o mercado deve começar a sentir os efeitos da aquisição da Juniper. Os valores da transação não foram revelados.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA