EMPRESAS

Cathay: hacker invade sistema e acessa dados de 9 mi de pax

Divulgação/ Cathay Pacific
Cerca de 430 cartões de créditos foram analisados pelo invasor
Cerca de 430 cartões de créditos foram analisados pelo invasor
A companhia Cathay aérea Pacific descobriu um acesso não autorizado em seu sistema de informações, que contém os dados de até 9,4 milhões de passageiros. Após a descoberta, a empresa tomou medidas imediatas para investigar e conter o evento.

A empresa não tem provas de que qualquer informação pessoal tenha sido mal utilizada. Os sistemas de TI afetados são separados de seus sistemas de operações de voo e não há impacto na segurança aérea.

O diretor executivo da Cathay Pacific, Rupert Hogg, comunicou que a empresa já tem contatado os passageiros, usando vários canais de comunicação, para orientá-los sobre medidas de proteção. "Não temos evidência de que quaisquer dados pessoais tenham sido mal utilizados. O perfil de viagens ou lealdade de ninguém foi acessado por completo e nenhuma senha foi comprometida”, afirma o executivo.

Os seguintes dados pessoais foram acessados: nome do passageiro; nacionalidade; data de nascimento; número de telefone; e-mail; endereço pessoal; número do passaporte; número de cartão de identidade; dados do programa fidelidade; observações de atendimento ao cliente; e histórico de viagens. Além disso, cerca de 430 cartões de créditos foram analisados pelo invasor.

A Cathay Pacific notificou a polícia de Hong Kong e está notificando as autoridades relevantes. A companhia se pôs a disposição para atender os clientes através do site infosecurity.cathaypacific.com e pelo e-mail infosecurity@cathaypacific.com.

“Queremos assegurar aos nossos passageiros que tomamos e continuamos a tomar medidas para melhorar nossa segurança de TI. A segurança de nossos passageiros continua sendo nossa principal prioridade", explicou Hogg.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA