EMPRESAS

Delta teve lucro líquido de US$ 730 milhões no 1º trimestre


Divulgação / Delta
Receita total da companhia foi de US$ 10,5 bilhões
Receita total da companhia foi de US$ 10,5 bilhões
A Delta Air Lines divulgou seus resultados financeiros referentes ao primeiro trimestre de 2019. O lucro antes de Princípios Contábeis Geralmente Aceitos (GAAP) foi de US$ 946 milhões com lucro líquido de US$ 730 milhões e lucro por ação diluída de US$ 1,09 na receita total de US$ 10,5 bilhões. A empresa totalizou 45 milhões de passageiros na sua rede global durante o primeiro trimestre.

Já o lucro antes de impostos foi de US$ 832 milhões e a receita total ajustada subiu 7,5% (US$ 728 milhões), atingindo US$ 10,4 bilhões. Desse valor, 55% correspondem aos produtos premium e fontes não relacionadas a passagens aéreas.

"A demanda pelos produtos da Delta nunca foi tão forte, conforme mostra o crescimento da receita líquida. Isso reforça nossa expectativa de 1,5% a 3,5% de aumento da receita unitária no segundo trimestre, com melhora sequencial na receita unitária de passageiros em todas as entidades", afirma o presidente da companhia, Glen Hauenstein.

FLUXO DE CAIXA
A companhia gerou US$ 2 bilhões em fluxo de caixa operacional e US$ 760 milhões em fluxo de caixa livre depois de investir US$ 1,3 bilhão no negócio, principalmente para aquisição e modificações nas aeronaves.

Foi devolvido US$ 1,6 bilhão aos acionistas, sendo que, deste valor, US$ 1,3 bilhão é de recompra de ações e US$ 233 milhões em dividendos. "Com nossas iniciativas comerciais focadas no cliente, que proporcionam forte fidelidade e suporte de primeira linha, esperamos aumento de receita de 5% a 7%, que está acima da nossa orientação anterior."
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora