EMPRESAS

Azul inicia campanha para entrar na ponte aérea

Colaboradores e admiradores da Azul iniciaram na tarde desta quinta-feira (30) uma campanha bastante agressiva nas redes sociais. A ação #AzulnaPonteAerea convoca os seguidores da empresa a apoiar sua entrada na ponte aérea São Paulo (Congonhas) – Rio de Janeiro (Santos Dumont).

Reprodução
Em seu perfil oficial no Instagram, a empresa presidida por John Rodgerson questiona o seguidor: “A ponte aérea só tem duas opções. Você acha justo? Eu quero #AzulNaPonteAérea. No Twitter, a empresa fez a mesma pergunta.

A Azul chegou a fazer duas ofertas pela Avianca Brasil, que incluiam os slots entre os dois aeroportos centrais e outros ativos da empresa de José Efromovich. No entanto, nenhuma das duas propostas foi para frente.

Reprodução,
No início desta semana, o juiz Tiago Henrique Papaterra Limongi, da 1ª Vara de Falência do Estado de São Paulo, rejeitou a mais recente oferta da Azul. Segundo ele, a Azul não tem legitimidade para invalidar o plano de recuperação aprovado anteriormente, que prevê o leilão de sete Unidades Produtivas Isoladas.

Em abril, Rodgerson chegou a declarar ao Portal PANROTAS que suas duas concorrentes fizeram de tudo para barrar a entrada da Azul em Congonhas e Santos Dumont. “O motivo foi apenas uma rota de ponte aérea, havendo duopólio. Concorrência é algo bom para os clientes, mas a Gol e a Latam não quiseram a nossa porque sabem que a Azul tem o melhor produto e estamos entre as dez aéreas mais bem avaliadas do mundo. Eles têm medo disso", afirmou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA