Movida

Danilo Teixeira Alves   |   24/05/2019 19:54   |   Atualizada em 24/05/2019 20:18

German Efromovich perde o controle da Avianca Holdings

No mesmo dia que Avianca Brasil tem suas operações suspensas pela Anac, German Efromovich perde o controle da Avianca Holdings

O empresário German Efromovich perdeu o controle e o cargo de presidente do conselho da Avianca Holdings. O motivo é o calote de um empréstimo dado pela United Airlines no ano passado, na ordem de US$ 456 milhões. German é irmão de José Efromovich, dono da Avianca Brasil, que hoje teve suas operações suspensas em todo o País.


Emerson Souza
German Efromovich deixa administração da companhia
German Efromovich deixa administração da companhia
Segundo nota da Kingsland, a empresa foi nomeada pela United como terceira interessada no processo e obteve "o direito de voto das ações da BRW na Avianca Holdings. A atuação da Kingsland será alinhar esforços com um novo conselho de administração de primeiro nível" para reestruturar a aérea.

A junta diretiva, agora sem os Efromovich, conta com Roberto Kriete como presidente e outros executivos, são eles: Richard Schifter, Sergio Michelsen, Fabio Villegas, Álvaro Jaramillo, Óscar Darío Morales, James Leshaw, Juan Emilio Posada, Jairo Burgos, Rodrigo Salcedo e Roberto Zamora. Segundo comunicado oficial enviado pela Avianca Holdings, "esta junta de primeiro nível conta com a presença de três ex-presidentes da Avianca e de vários profissionais renomados da indústria aeronáutica mundial".

"Vemos um futuro muito positivo para todos os colaboradores, credores, fornecedores, acionistas e especialmente para os clientes da Avianca. Minha função é promover uma equipe e um Conselho de Administração muito capaz, que tem as habilidades necessário para realmente liderar a transformação da Avianca", disse Roberto Kriete, novo presidente do conselho de administração da Avianca Holdings.

"Essa mudança é muito positiva para a nossa governança corporativa. É uma clara mostra da confiança dos acionistas na companhia aérea e no plano de transformação que está em andamento", afirmou Renato Covelo, CEO responsável pela aérea.

Em comunicado, a Avianca Holdings reiterou que a United Airlines não assumiu o controle do conglomerado, nem de sua operação e de suas decisões de negócios. "O que aconteceu foi uma mudança na governança corporativa do grupo, mas não em sua composição. As medidas anunciadas hoje não alteram o curso da aliança existente entre Avianca, United e Copa."


Emerson Souza
José Efromovich, da Avianca Brasil. Aérea teve a operação suspensa pela Anac
José Efromovich, da Avianca Brasil. Aérea teve a operação suspensa pela Anac

Em meio a essas polêmicas, a Anac suspendeu as operações da Avianca Brasil até que a empresa comprove capacidade operacional para manter as operações com segurança. E o leilão pelos ativos da Avianca Brasil, cobiçados por Azul, Gol e Latam, continua suspenso.

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias