EMPRESAS

Azul destaca liderança de voos em SP e amplia mercados


Emerson Souza
John Rodgerson, da Azul
John Rodgerson, da Azul
Durante coletiva com o governo de São Paulo, a Azul comemorou os seus números no Estado. A companhia aérea, que tem como presidente John Rodgerson, comemorou a primeira posição em destinos atendidos, voos regionais e ligações interestaduais.

“Muita gente lembra da Avenida Faria Lima, mas esquece o tamanho do Estado, onde servimos dez cidades e já crescemos mais do que 100% no aeroporto de Guarulhos. Outro ponto importante é que viajantes de 40 cidades do País só chegam na capital São Paulo através da Azul, algo que vamos continuar desenvolvendo”, explica Rodgerson durante o lançamento do stopover da Azul.

A partir de 20 de novembro, a Azul incluirá em sua malha três e duas frequências diárias, respectivamente, de Ribeirão Preto e Bauru à capital paulista. Os voos serão operados em turboélices ATR 72-600 e já nas próximas semanas esses novos mercados estarão disponíveis nos canais de venda da companhia.

A Azul já adicionou mais de 300 voos semanais a partir de São Paulo desde o início do programa de incentivo fiscal promovido pelo governo, que reduziu de 25% para 12% o ICMS do combustível de aviação no Estado. “Quando se reduz os impostos, podemos crescer muito mais. Até o final do ano haverá cerca de 50 frequências semanais adicionais, incluindo voos para Florianópolis, Salvador, Recife, Brasília e Curitiba. Temos muitas novidades”, adianta.

MAIS MERCADOS

A empresa analisa também a estreia em novos mercados. A partir de 27 de outubro, a Azul pretende retornar suas operações em Araraquara e já tornou público seu interesse em operar no aeroporto de Santos (SP), terminal que atenderá a baixada santista e parte do ABC Paulista.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA