EMPRESAS

Quebra da Thomas Cook fecha mais de 500 hotéis na Espanha


Divulgação
A falência impactou diretamente 500 hotéis espanhóis
A falência impactou diretamente 500 hotéis espanhóis

O presidente da Confederação Espanhola de Hotéis e Alojamentos Turísticos, Juan Molas, disse que a falência da Thomas Cook impactará no fechamento de 500 hotéis na Espanha. Em entrevista ao jornal espanhol Cínco Días, Molas revelou que deste total, cerca de 100 empreendimentos dependiam exclusivamente do operador turístico britânico.

Canárias e Baleares são os destinos turísticos mais afetados com os fechamentos , onde 40% do parque hoteleiro será afetado diretamente com o fechamento da Thomas Cook.

A boa notícia, segundo o jornal Expansión, é que o grupo suíço LMEY, parceiro da Thomas Cook, deve comprar a participação da operadora em diversos estabelecimentos, adquirindo nove hotéis, sendo cinco deles na Espanha.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA