EMPRESAS

Delta reforça voos em Miami em função da parceria com a Latam

|

A Delta Air Lines adicionará 13 novos voos diários sem escalas para o Aeroporto Internacional de Miami a partir de hubs e principais destinos de viagens corporativas nos Estados Unidos, incluindo novos serviços de Orlando, Raleigh-Durham, Salt Lake City e Tampa. Com esse aumento, a Delta passará a oferecer 41 opções diárias sem escalas entre dez aeroportos dos EUA e Miami.

"À medida em que nossa nova parceria líder do setor com a Latam se desenvolve, este anúncio amplia nossa presença no sul da Flórida para fornecer aos nossos clientes melhores conexões entre os EUA e a América do Sul", disse Joe Esposito, executivo da área de Planejamento e Malha da aérea norte-americana.

Divulgação
"Com essa expansão, agora estamos bem posicionados para oferecer um serviço superior e uma rede conveniente para clientes que se conectam entre nossas companhias aéreas e para viajantes que viajam para o sul da Flórida". Além de fornecer aos clientes da Delta em Miami mais opções em toda a rede da companhia aérea, o novo horário de voo da Delta será programado para maximizar a conectividade com os voos da Latam, diz o comunicado da norte-americana.

Os novos voos estarão disponíveis para venda a partir de amanhã (sábado, dia 18) e começarão a ser operados já no verão de 2020, ou seja, a partir de junho.

"Ao expandir o serviço em Miami, a Delta Air Lines está nos ajudando a atender às crescentes necessidades de viagens de nossa comunidade", disse o prefeito do condado de Miami, Carlos A. Gimenez. "Esses novos voos garantem que Miami-Dade continue construindo sua reputação, não apenas como um destino importante para viajantes regionais, mas também como uma porta de entrada chave para as Américas e o resto do mundo para viajantes internacionais", disse.

Juntas, a Delta e a Latam criarão a rede de transportadoras combinadas mais abrangente das Américas, garantem as empresas no comunicado, "transportando mais passageiros entre as Américas do Norte e do Sul do que qualquer outra parceria". A cooperação aprimorada está sujeita a aprovações governamentais e regulamentares.

A Delta e a Latam anunciaram recentemente planos de lançar vendas de code-share para voos selecionados operados por determinadas afiliadas da Latam na Colômbia, Equador e Peru a partir do primeiro trimestre de 2020, aguardando o recebimento das aprovações governamentais aplicáveis. A Delta Air Lines já é dona oficialmente de 20% do Grupo Latam, e já vendeu suas ações na Gol Linhas Aéreas.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA