American Airlines tira 450 aeronaves de circulação

|


Divulgação
A American Airlines tirou de circulação 450 aeronaves em meio à pandemia do novo coronavírus. A medida é reflexo da redução de 75% no número de voos internacionais e 30% nas operações domésticas em abril – 55 mil voos deixarão de ser realizados no próximo mês.

Todos os voos internacionais foram suspensos, com exceção da operação entre Londres Heathrow e Miami e Dallas / Fort Worth, realizado uma vez por dia, além do voo entre Dallas e Tóquio/ Narita.

Em uma mensagem aos funcionários da companhia, o presidente Robert Isom disse que a AA tomou medidas inéditas a fim de reduzir as consequências da pandemia.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA