Aérea pretende reiniciar 30% de sua malha a partir de junho

|

Após 12 semanas sem operar voos, a Brussels Airlines pretende iniciar seus voos em 15 de junho. A transportadora adicionará destinos gradualmente nas próximas semanas, operando 30% de sua malha de voos na Europa.


Reprodução / Facebook

Mesmo com a retomada, a companhia acredita em uma demanda baixa, e por isso sua operação no primeiro momento será menor do que a habitual. “Aumentaremos gradualmente os destinos nos próximos dois meses, operando 30% dos voos europeus e 40% de longo curso para a temporada de verão. Em agosto, esperamos ter 240 voos semanais”, disse a empresa, em comunicado.

A MALHA
A rede será construída progressivamente a partir de 15 de junho para atingir 45 destinos em 20 países até agosto, incluindo Espanha, Portugal, Grécia, Itália, França, Armênia, Suécia e Dinamarca. O Reino Unido também está na lista, com Londres em junho e Manchester em julho, mas isso pode estar sujeito às novas regras de quarentena para os viajantes no país.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA