Iberia retomará voos para 53 destinos até agosto

|

Divulgação
A Iberia anunciou planos para aumentar os voos de curta e média distância a partir do primeiro dia do mês de julho. De acordo com o Business Traveller, serão 50 destinos na Espanha e Europa a serem atendidos até agosto. Atualmente, a companhia aérea opera um “nível mínimo de conectividade aérea”, incluindo voos de Madri para as Ilhas Canárias e Baleares, Barcelona, Bilbao, Astúrias, Vigo, Corunha, Londres e Paris.

Em junho, essa operações continuarão com a retomada dos serviços para um total de 40 destinos em julho, passando para 53 em agosto. Pelo menos 194 voos por semana estão programados para voltarem em julho, passando para 359 em agosto. A transportadora disse que isso equivale a 21% de sua oferta normal de assentos de curto e médio curso, acrescentando que o número "pode subir para 35% com o aumento da demanda".

Por enquanto, não estão planejados voos de longo curso, com a Iberia afirmando que eles seguirão "assim que as condições permitirem e as restrições de quarentena e viagem forem levantadas nos países atendidos pela Iberia".

A retomada dos serviços europeus incluirá voos regulares em julho para Atenas, Bruxelas, Dubrovnik, Genebra, Lisboa, Londres, Milão, Munique, Porto, Paris, Roma, Estocolmo, Veneza e Zurique, além de Dakar no Senegal. Em agosto, os serviços serão adicionados a Berlim, Bolonha, Copenhague, Dublin, Faro, Frankfurt, Lyon, Manchester, Marselha, Praga, Santorini e Toulouse, além de Marrakech no Marrocos.

Enquanto isso, os serviços domésticos e de curta distância serão retomados para Alicante, Almeria, Astúrias, Barcelona, Bilbao, Granada, Jerez, Corunha, Málaga, Pamplona, San Sebastian, Santander, Santiago, Sevilha, Valência e Vigo, além de Tenerife Norte, Tenerife Sur, Gran Canária, Lanzarote, Fuerteventura e La Palma nas Ilhas Canárias, e Maiorca, Menorca e Ibiza nas Baleares.

Os clientes com passagens compradas antes de hoje (28), para viagens até 31 de agosto, podem alterar a data da viagem ou trocá-las por vouchers válidos até 30 de dezembro de 2021. Enquanto isso, os que adquirem passagens entre agora e 30 de junho, para até 31 de dezembro, pode alterar a data da viagem uma vez sem multa.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA