United espera ser lucrativa no terceiro trimestre de 2021

|

A United Airlines anunciou hoje (22) seus resultados financeiros do segundo trimestre de 2021, juntamente com uma previsão otimista de lucratividade no terceiro e quarto trimestre de 2021, à medida que a demanda por viagens se recupera.

Divulgação/Airbus
United Airlines espera ser lucrativa no terceiro trimestre de 2021
United Airlines espera ser lucrativa no terceiro trimestre de 2021
O desempenho da empresa no período excedeu as expectativas originais, já que as viagens internacionais de longa distância e a negócios aceleraram ainda mais rápido do que o previsto, juntamente com a melhoria contínua do rendimento. Olhando para o futuro, a companhia espera ganhos contínuos à medida que mais empresas retornam até o final do verão e em 2022, com uma recuperação total da demanda prevista para 2023.

RESULTADOS
O prejuízo líquido registrado no segundo trimestre foi de US$ 434 milhões. A capacidade reportada do período caiu 46% em comparação com o segundo trimestre de 2019. Já a perda líquida foi de US$ 0,4 bilhão e a receita operacional total foi de US$ 5,5 bilhões, uma queda de 52% em comparação com o segundo trimestre de 2019. O período foi encerrado com uma liquidez disponível de aproximadamente US$ 23 bilhões.

As despesas operacionais da transportadora no segundo trimestre caíram 42% e, excluindo encargos especiais (créditos), 32%, em relação ao mesmo período no ano de 2019. Além disso, a aérea tem um financiamento garantido por substancialmente toda a rede de slots, rotas e portões da United, composto por US$ 4 bilhões em uma oferta privada de títulos, um empréstimo a prazo de US$ 5 bilhões e uma linha de crédito rotativo de US$ 1,75 bilhão.

FUTURO
A United espera que a capacidade do terceiro trimestre deste ano seja reduzida em cerca de 26% em comparação com o terceiro trimestre de 2019, representando um aumento de 39% em relação ao trimestre anterior.

A empresa também prevê que o custo do terceiro trimestre de 2021 por assento-milha disponível, excluindo combustível, participação nos lucros, despesas de negócios de terceiros e encargos especiais seja de aproximadamente 17% em comparação com o terceiro trimestre de 2019.

Além disso, espera que a receita ajustada antes de impostos do 3T21 seja positiva, o primeiro desde o quarto trimestre de 2019.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA