Gol terá 425 voos diários em sua malha aérea de outubro

|

A Gol acaba de anunciar a sua malha aérea para outubro de 2021. A companhia prevê 425 voos diários, 1.665 a mais em relação a outubro de 2020, com um crescimento de 15%, indicando que, à medida que o combate à pandemia avança, a operação também ganha força. A malha deste mês retomou 68% da oferta, se comparada com o período pré-pandemia.

Divulgação/Gol
Gol terá 425 voos diários em sua malha aérea de outubro
Gol terá 425 voos diários em sua malha aérea de outubro
Entre os principais destaques do mês, a aérea apresenta um aumento de 30% de assentos de São Paulo (CGH) para o Nordeste brasileiro, principalmente para as cidades de Recife (+52%), Salvador (+40%) e Natal (+22%). Outubro registra também fortalecimento do hub de Guarulhos (GRU), com destaque na ampliação de voos para São Luís (+375%), Caldas Novas (GO) (+31%), Maceió (+22%), Montes Claros (MG) (+14%) e Uberlândia (MG) (+100%). Todos os números comparados a setembro.

Com a inclusão de novos voos e o aumento da frequência em determinados destinos, o crescimento consolidado é de 7% em número de voos em relação a setembro.

"A malha aérea de outubro apresenta uma retomada significativa para alguns destinos tradicionais de turismo de lazer, especialmente no Nordeste, o que indica que o brasileiro, à medida que vê avançar a vacinação em todo território nacional, se sente mais confiante para voltar a viajar e conhecer as belezas do País", afirma o gerente de Planejamento Estratégico de Malha Aérea da companhia, Bruno Balan.

Nesse processo de retomada do Turismo brasileiro e da volta gradual das viagens corporativas, a transportadora se apoia na confiança em seus protocolos de segurança praticados a bordo e nos aeroportos onde mantém operações.

Os bilhetes para o mês de outubro já estão disponíveis e podem ser adquiridos no site www.voegol.com.br, no aplicativo da companhia, nas lojas Gol nos aeroportos, pelo telefone da central de relacionamento (0300 115 2121) e nas agências de viagens.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA