CEO da Azul pede que trade pare de lamentar e venda Brasil

|


PANROTAS / Rodrigo Vieira
Ronaldo Santini, secretário de Turismo do Rio Grande do Sul, e John Rodgerson, CEO da Azul
Ronaldo Santini, secretário de Turismo do Rio Grande do Sul, e John Rodgerson, CEO da Azul

Agentes de viagens têm de parar de lamentar a crise, que já é praticamente página virada, e turbinar as vendas dos destinos brasileiros. O CEO da Azul, John Rodgerson, deu estes e mais recados em apresentação realizada no Festuris 2021, em Gramado (RS). Rodgerson encorajou agentes de viagens a venderem mais Brasil do que destinos internacionais, e fazê-lo o ano inteiro, não apenas sazonalmente.

"O pior da pandemia se foi. Sei que ainda há desafios, como o a inflação, o dólar, o combustível, altos custos. Mas a salvação é vender mais Brasil e voar mais pelo País. Todos nós sofremos e choramos, agora é hora de parar de chorar e voltar a trabalhar. Certamente seremos muito melhores", afirma ele. "A Azul serve hoje mais destinos do que em 2019, e o melhor: as viagens são em sua maioria a lazer, o que para vocês, agentes, é a melhor notícia."

Rodgerson voltou a exaltar a diversidade dos destinos brasileiros, como Gramado (RS), que segundo ele não está longe de nenhum destino europeu, e disse que quem vai ao Exterior sem conhecer bem o Brasil, "não é brasileiro". "Não consigo entender esse hábito de viajar para fora e não conhecer o próprio país. Temos de viajar pelo Brasil o ano inteiro. A mesma praia que lota na alta temporada está disponível todas as outras semanas, em experiências mais exclusivas", pondera.

PRODUTOS E COMISSÃO
"Vocês reclamam de comissão, mas nós temos de focar mais em produtos do que comissões altas. Sem um produto de qualidade vocês não conseguirão nos vender. Hoje vocês vivem vendendo produtos. Hoje temos 850 voos diários e nosso segundo concorrente tem 500. Estamos tentando oferecer o melhor produto e voltar o mais rápido possível", afirmou o CEO da Azul aos profissionais de Turismo na plateia. "Tem alguém vendendo queijo na praia do Nordeste que precisa do voo da Azul. Nossos voos geram renda, emprego. O agente de viagens que vende voos da Azul é parte deste desenvolvimento. É uma relação em que todos têm de pensar juntos."

IMUNIZAÇÃO SALVA
Quem participou da apresentação ao lado de John Rodgerson foi o secretário estadual de Turismo do Rio Grande do Sul, Ronaldo Santini. Ele ressaltou a importância da vacinação, o que chamou de "alforria para um novo tempo" no Turismo. "Trabalhamos para convencer a todos de que a imunização é a única forma de fazer com que o Turismo se consolide como destino, economia, atividade de renda e, acima de tudo, com o prazer de voltar a viver", afirmou o secretário.

Ele ainda disse que o Rio Grande do Sul é o Estado com maior volume de conexões aéreas regionais do Brasil e que um pequeno destino regional só se desenvolve no Turismo quando toda comunidade abraça a causa, mesmo profissionais de serviços que não estão diretamente relacionado a passeios e hotéis.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA