Comissão de Turismo solicita investigação do MP no caso Itapemirim

|


PANROTAS / Emerson Souza
Presidente da Comissão de Turismo na Câmara, o deputado Bacelar  pediu que o MP investigue o caso ITA
Presidente da Comissão de Turismo na Câmara, o deputado Bacelar pediu que o MP investigue o caso ITA
O caso Itapemirim já tem desdobramentos dentro do Congresso Nacional. O presidente da Comissão de Turismo da Câmara, deputado federal Bacelar (Podemos), solicitou ao Ministério Público Federal que apure a situação da empresa e a autorização emitida pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Na avaliação do deputado federal baiano, um grupo que já vinha apresentando problemas trabalhistas e financeiros não deveria ter recebido o Certificado de Operações. “A Anac é responsável por fiscalizar o funcionamento das empresas aéreas. Se sabia que o grupo Itapemirim já tinha problemas, por que emitiu a autorização. Fica a dúvida que precisa ser esclarecida”, ponderou.

Bacelar lembrou que os problemas do Grupo Itapemirim são antigos e a companhia já apresentava atrasos de salários e benefícios de funcionários, suspensão do plano de saúde dos trabalhadores, dívidas com fornecedores, descumprimento de horários e cancelamentos de voos.

Ainda segundo ele, os salários dos empregados e benefícios como vale-refeição e transporte também vinham atrasando com frequência. Em dezembro, a empresa parcelou o pagamento dos trabalhadores em duas vezes. Havia queixas, também, de que verbas rescisórias não estavam sendo pagas aos demitidos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA